Certificação FSC®: opções sustentáveis para o setor da construção e mobiliário

Categorias: Sustentabilidade

Certificação FSC®: opções sustentáveis para o setor da construção e mobiliário – O reconhecimento do valor da floresta é cada vez mais notório, e a necessidade de adoção de boas práticas de gestão florestal prende-se exatamente com essa importância e com a crescente consciencialização da sociedade civil sobre esta matéria. Madeira, papel e cortiça, são alguns exemplos dos produtos que a nossa floresta oferece e que devem ser objeto de uma garantia de proveniência sustentável.

Foi neste contexto, e em resposta às preocupações crescentes associadas com a desflorestação, degradação ambiental e exclusão social, que em 1993 foi criado o Forest Stewardship Council® (FSC®), uma organização sem fins lucrativos, de âmbito internacional, dedicada à promoção de uma gestão ambientalmente adequada, socialmente benéfica e economicamente viável, das florestas no mundo inteiro.

Em Portugal, o FSC é representado pela Associação para uma Gestão Florestal Responsável (AGFR), que integra os principais agentes do sector florestal nacional, e importantes players de outras áreas de atuação, mas que têm em comum o compromisso de promoção e implementação de políticas de sustentabilidade e responsabilidade corporativa.

Hoje, mais do que nunca, é necessário trabalhar para que os incentivos à conservação das áreas florestais sejam maiores do que aqueles que levam à sua destruição. A construção, quer pelos materiais que incorpora, quer pela utilização dos edifícios, representa até 35% das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) na UE. O consumo de energia não renovável conduz a alterações climáticas severas, colocando muitas áreas de floresta em perigo e requerendo o uso de políticas e ferramentas de mitigação.

Para reduzir as emissões de CO2, é necessária uma nova forma de construção, utilizando materiais de origem florestal. Estes materiais são naturais, renováveis e com emissões de GEE reduzidas, melhorando a eficiência energética dos edifícios e reduzindo a pegada ecológica, funcionando como reservatórios de carbono. No entanto, o uso de materiais de base florestal implica uma responsabilidade acrescida de assegurar que a gestão dos espaços florestais de origem desses produtos é feita de forma apropriada. A certificação florestal FSC permite assegurar que os produtos são provenientes de florestas, e outras origens bem geridas (por exemplo, material reciclado).

A disponibilidade de madeira, cortiça e outros produtos florestais com certificação FSC, aumentou rapidamente nos últimos anos. A procura por este tipo de produtos também aumentou e o setor da construção sentiu a necessidade de poder ver reconhecidos projetos que integrem estes materiais e sobre os quais possam fazer alegações. Como resposta, foi desenvolvida uma norma para a Certificação de Projeto FSC, uma ferramenta que ajuda a provar a origem responsável dos materiais de construção.

Projetos de construção ou renovação, projetos de engenharia civil ou eventos como exposições e festivais, podem tornar-se mais apelativos para investidores e consumidores, quando se demonstra o seu apoio a práticas ambientalmente corretas.

Um arquiteto, designer ou projetista pode desempenhar um papel fundamental na promoção do uso de madeira e outros produtos de origem florestal certificados FSC, desde a correta integração dos requisitos nas especificações do projeto, quer na monitorização e controlo do uso efetivo de produtos certificados FSC.

Organizações ambientalmente e socialmente responsáveis

Aumentar a componente de produtos de origem florestal, como madeira ou cortiça num edifício reduz o impacto ambiental ao longo do seu ciclo de vida. Em particular, pode ajudar a reduzir as emissões de gases com efeito de estufa. É importante que estes produtos sejam certificados FSC, por forma a garantir que não há exploração ilegal ou destruição de altos valores de conservação.

Projetos diferenciadores

A madeira ou cortiça são materiais de construção apelativos, fáceis de trabalhar, renováveis, recicláveis, eficientes em carbono, de baixo consumo energético e alto desempenho.

Cumprimento com Regulamentos Ambientais

A utilização de produtos de origem florestal pode ajudar as empresas do setor da construção a cumprir com regulamentos ambientais. A legislação para o setor da construção exige cada vez mais eficiência térmica e menor consumo de energia, pelo que o uso destes materiais, é uma maneira simples e duradoura de cumprir esses regulamentos e melhorar o desempenho durante a vida útil de um edifício ou estrutura. Requisitos em relação à certificação florestal começam já a fazer parte dos cadernos de encargos de compras públicas. O principal sistema global de “construção verde” – LEED, valoriza a certificação FSC como requisito para a madeira.

Mais e melhor floresta

Em todo o mundo, mais de 230 milhões de hectares de floresta são certificados de acordo com as normas do FSC. Mais de 50.000 empresas em 129 países usam o FSC para rotular e promover produtos provenientes de florestas bem geridas, e atualmente mais de 260 projetos de construção são certificados pelo FSC (conheça todos os projetos certificados em: https://fsc.org/en/fsc-public-certificate-search)

Desafiamo-lo a fazer parte do próximo projeto de certificação FSC! Contacte o FSC Portugal e faça parte da solução para o sector da construção mais sustentável!

 

FSC Portugal
https://pt.fsc.org
geral@.fsc.org

LINKS
Galeria
artigos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

World Architecture Festival 2022

Take a ticket here »