Carlos Cordoeiro

Escola – Jardim

Categorias: Arquitetura

Confesso, que este é um dos projectos que mais gostei de desenhar, por inúmeros motivos, simplesmente porque gosto, é difícil encontrar as palavras certas para justificar o quanto gosto deste projecto que desenvolvi.

Quando, pensei na ideia de desenhar esta escola, quis fazê-la, com o ponto de partida o jardim, ou seja, o jardim era o principal tópico a seguir para esboçar uma escola portanto uma escola que foi pensada a existir com o jardim, serem como um único elemento arquitectónico.
   A escola está divida em quatro grandes áreas, são elas:
   A – Auditório
   A1 – Secretaria e Serviços Administrativos
   AL – Alunos (salas de aula)
   J – Ginásio e Campo de Jogos

Entra-se pela escola, através do A – Auditório,(retângulo vertical) onde tem um portaria em formato de L, e uma entrada reduzida, para controlar melhor as entradas e saídas dos alunos; em frente tem um auditório com 82 lugares e um palco, que pretende ser um espaço de conferências, palestras, debates, apresentações, e receção de alunos, professores mas em períodos de alternância, uma vez que o espaço do auditório é reduzido.
   À direita encontram-se três partes, nomeando-as de baixo para cima, têm a seguinte ordem:
   A1 – Secretaria e Serviços Administrativos
   AL – Alunos (salas de aula)
   J – Ginásio e Campo de Jogos

O A1 – Secretaria e Serviços Administrativos é ligado através de dois corredores nas extremidades do jardim ao AL – Alunos (salas de aula), para facilitar a comunicação entre os espaços existentes na escola, ou seja, assim o percurso é mais natural, e estes mesmos corredores existem no 1,2 e 3 andar.

Ao lado direito do Auditório (A – Auditório) existe uma passagem, um corredor muito estreito, fino mesmo, que dá acesso ao AL – Alunos (sala de aula) mas também ao J – Ginásio e Campos de Jogos.

Procurei no desenho desta escola, ligar todos os espaços, para que haja um percurso fluido, e se possível, pouco ou nada confuso.
Criei áreas ajardinadas, uma vez que, considero que dá um aspecto mais vivo, mais habitado, ou seja, sem o jardim penso que todo o conjunto arquitectónico iria perder e muito a magia, logo, criei este jardim para embelezar mas também para ser um espaço refletivo de toda a comunidade escolar.

Galeria
artigos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

MOON

A única placa de comando em cerâmica.

BMI Portugal

Garantimos soluções eficientes para coberturas