Minuto Consumidor: o que é uma Casa Passiva?

Minuto Consumidor: o que é uma Casa Passiva? – As casas passivas têm como objetivo reduzir a pegada ecológica e as faturas energéticas. Conheça o conceito neste espaço dedicado a responder às dúvidas dos consumidores

Para além disso, as casas passivas oferecem ao utilizador um maior conforto térmico, mais qualidade do ar interior, níveis superiores de conforto térmico e acústico e também redução das emissões de CO2.

Entre as características que pode encontrar numa destas casas está um elevado isolamento térmico, caixilharias isolantes para janelas e vidros e sistemas de ventilação com recuperação de calor. Tudo isto num edifício que, por fora, pode não se distinguir de uma casa clássica.

O conceito está implementado desde 1991 (altura em que a primeira destas casas foi construída na Alemanha) e chegou a Portugal em 2012. Pode ser aplicado em construções novas ou em reabilitações de casas.

Antes de comprar ou alugar uma casa a que chamam “passiva”, confirme a veracidade através do Certificado Passive House e assegure-se que existe uma placa verificadora na habitação. Caso não tenha acesso a nenhum destes requisitos, confirme se o edifício está na base de dados do Passivhaus Institut. Caso exista certificado, procure saber a identificação da entidade certificadora.

Se não encontrar o certificado, solicite o resultado do desempenho Passive House, de forma a perceber se a habitação se encontra dentro dos restritos requisitos deste tipo de casas. Peça também a identificação do Certified Passive House Designer, já que os projetistas também têm de ser formados e certificados neste tipo de construção.

Para terminar a avaliação, solicite o relatório do teste que avalia a estanquidade do ar (reduz infiltrações) e o relatório do arranque do sistema de ventilação (renova o ar).

Os preços conseguem ser semelhantes ao de uma construção clássica, mas acaba por ter outro tipo de garantias e conforto, para além de reduzir a pegada ecológica.

Existem outros dois níveis de habitação que são inferiores ao tão desejado “passive house”. As casas EnerPHit referem-se somente às casas que foram reabilitadas, onde podem surgir constrangimentos para respeitar todos os parâmetros, por não ser uma casa construída de raiz. As casas no patamar de desempenho PHI Low Energy Building, respeitam grande parte dos requisitos, mas não alcançam todos os níveis necessários.

Um apartamento também pode ser considerado uma casa passiva, mas apenas se todo o prédio for também passivo.

O “Minuto Consumidor” é um projeto onde procuramos, todas as semanas, responder às suas dúvidas. Para acompanhar no Expresso Online e na antena da SIC Notícias, com o apoio da DECO Proteste. Envie as suas dúvidas para minutoconsumidor@deco.proteste.pt

Artigo de Teresa Amaro Ribeiro, publicado no site Expresso

Galeria
artigos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?