OPENBOOK líderes em Portugal na utilização da metodologia BIM

OPENBOOK líderes em Portugal na utilização da metodologia BIM – Liderança e inovação como motor da mudança

A OPENBOOK Architecture é uma empresa portuguesa de arquitetura multidisciplinar que conta com uma equipa de 45 colaboradores, entre eles arquitetos, projetistas, designers e gestores de projeto. Opera essencialmente através dos escritórios de Lisboa e São Paulo, estando envolvida em projetos na Europa, África e América do Sul, para os quais oferece soluções integradas através da metodologia BIM.

A OPENBOOK utiliza o BIM nos seus projetos desde a sua fundação, em 2007, o que nos tem levado a minimizar erros de conceção e a melhorar a sincronização entre as diferentes equipas envolvidas nos projetos. Embora não seja uma das metodologias mais utilizadas em Portugal, a OPENBOOK está empenhada na utilização do BIM, sendo uma das empresas pioneiras no setor da arquitetura em Portugal.

A importância de trabalhar na nuvem

No projeto do novo edifício da PHC Software, com cerca de 4.000 m2, a metodologia BIM foi fundamental para ajustar os prazos, reduzir os custos e garantir uma melhor comunicação entre todas as equipas de trabalho.

A importância do BIM na transformação digital

O Revit é a ferramenta de produção da OPENBOOK desde a sua fundação, o que a torna uma das poucas empresas em Portugal com mais de 40 arquitetos a trabalhar em Revit. O AutoCAD é utilizado apenas para abrir ficheiros externos e rapidamente os converter no formato Revit. Representa para a empresa um investimento significativo, mas garante uma maior produtividade e um melhor serviço para os nossos clientes.

Embora a metodologia BIM tenha sido implementada tardiamente em Portugal, nos últimos 2 anos tornou-se cada vez mais popular, ao ponto de os clientes estarem também a tomar consciência deste processo de trabalho.

“Trabalhar num modelo tridimensional integrado dá-nos maior controlo sobre as soluções arquitetónicas propostas, validadas pelo Enscape como software de visualização, bem como assegura um maior rigor da solução integrada. Permite também uma quantificação precisa do trabalho a ser realizado no local.” —Rodrigo Sampayo, OPENBOOK Architecture

 

Escritório otimizado, sustentável e eficiente

O edifício Simulador I está localizado no Taguspark, o maior parque de ciência e tecnologia em Portugal, localizado no Oeiras Valley, perto de Lisboa. Foi desenhado para ser a nova sede da PHC Software, empresa multinacional de tecnologia, com uma área total de cerca de 8.000m2.

Este projeto, desenvolvido para o Taguspark, foi levado a cabo com foco no custo de construção, o que na prática se traduziu em numerosas alterações e retificações ao longo o processo. O software BIM foi crucial, permitindo avaliar em tempo real todas as soluções a implementar, bem como o impacto das alternativas propostas. O facto da empresa de construção DST Group estar bastante familiarizada com o processo BIM foi decisivo para otimizar o planeamento, uma vez que toda a preparação dos trabalhos foi realizada no modelo integrado.

“Numa obra com as caraterísticas da PHC o recurso à metodologia BIM significou a utilização de uma base de confiança e de ligação entre todas as partes envolvidas no desenvolvimento do projeto e da obra. Agilidade na tomada de decisão, rigor da obtenção de quantidades para aferição dos custos, simulações de soluções para enquadramento da decisão e otimização são as principais vantagens que ressalvamos do processo construído entre todas as partes. Estas vantagens traduzem-se numa capacidade de previsão e controlo do projeto e da própria obra. Importa referir que em termos de execução de obra, o auxílio das ferramentas BIM significa um clarificação e simplificação de potenciais conflitos por exemplo nas zonas de elevada densidade de especialidades. Em suma, recorrendo ao BIM, todas as partes intervenientes da obra, desde o cliente, projetistas, diretores de obra e equipas técnicas dispõem de uma poderosa base de dados a partir da qual podem recorrer para apoio nas suas tomadas de decisão, refletindo-se numa agilização do próprio processo de conceção e construtivo.” João Marcelo Silva, bim+ – DST Group

Aprendizagem contínua para uma maior eficiência

Na OPENBOOK contamos com consultores BIM para dar formação contínua à nossa equipa. Isto faz com que não seja imperativo contratarmos arquitetos com formação em Revit, porque essa formação acaba por ser dada internamente, num processo que decorre num período entre um a três meses. Uma vez mais, significa um investimento elevado da empresa, mas vem consolidar a nossa posição como líder tecnológico no setor em Portugal.

Em 2018, demos início a um amplo processo de implementação com vista a otimizar as nossas competências de modelação Revit, enriquecer os modelos com informação e rever os processos e as metodologias em conformidade com os standards internacionais BIM.

Parceiros de confiança

Na OPENBOOK utilizamos o Revit em todos os projetos. Temos uma boa relação com o nosso parceiro Autodesk, a Luso Cuanza, que nos aconselha acerca do tipo de licenças mais adequado às necessidades. Toda a formação e gestão do BIM é desenvolvida internamente através do consultor externo Limsen Consulting.

Com a pandemia de Covid 19 foi possível constatar que, apesar de estarmos todos a trabalhar remotamente, não sofremos quaisquer perdas, por estarmos a trabalhar numa plataforma cloud.

Artigo publicado no site da Autodesk

 

Imagens de cortesia da OPENBOOK

PHC Software Headquarters, Taguspark – Portugal

BIM model section – PHC Software Headquarters, Tagus Park – Portugal.

PHC Software Headquarters, Tagus Park – Portugal – Foto © Fernando Guerra / FG + SG

 

 

LINKS
Galeria
artigos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

World Architecture Festival 2022

Take a ticket here »