Concurso de arquitetura: Requalificação da Feira Central de Campina Grande

Início em 09/02/2023 até 30/03/2023

Categorias: 03 março2023

Profissionais de arquitetura e urbanismo de todo o Brasil tem até o dia 30 de março de 2023 para garantir a inscrição no “Concurso Público Nacional de Arquitetura e Urbanismo para a Requalificação da Feira Central de Campina Grande”. O edital completo e demais informações necessárias aos candidatos do concurso estão disponíveis em www.concursofeiradecampinagrande.org

De acordo com o edital, as propostas de projetos podem ser submetidas até o dia 18 de abril e devem abranger os cerca de 40 mil metros quadrados da Feira Central, incluindo: Mercado Central; Largo do Pau do Meio; Edifício Pau do Meio; Armazéns; Antigo Cassino Eldorado; e as ruas Deputado José Tavares; Marcílio Dias; Manoel Farias Leite; Dr. Carlos Agra; Dr. Antônio de Sá; Cristóvão Colombo; Pedro Álvares Cabral; e Manoel Pereira de Araújo.

O lançamento ocorreu na quinta-feira (09/02) na Prefeitura de Campina Grande (PB), promotora do Concurso. A organização é do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), com apoio do Conselho de arquitetura e urbanismo (CAU/BR), do Conselho de Arquitetura e Urbanismo da Paraíba (CAU/PB), do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento da Paraíba (IAB/PB) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

“Este concurso é de extrema relevância para a valorização da Feira Central de Campina Grande e uma oportunidade de levar o nome do município ao país todo. Nosso objetivo, enquanto administração municipal, é entregar um novo espaço público que contemple tudo o que a comunidade, os visitantes e os turistas merecem”, informa o prefeito Bruno Cunha Lima Branco.

 

PREMIAÇÃO
A equipe vencedora receberá R$ 200 mil em prêmio + contratação, totalizando R$ 2.468,50,27 milhões. O segundo lugar irá receber o valor de R$ 40 mil e o terceiro R$ 10 mil. As propostas serão analisadas por um júri especializado em arquitetura e urbanismo. Os vencedores serão anunciados em cerimônia marcada para o dia 28 de Abril de 2023, em evento presencial na Feira Central. Já a premiação está prevista para o dia 19 de maio de 2023.

BEM IMATERIAL

Desde 27 de setembro de 2017, a Feira de Campina Grande está entre os bens imateriais reconhecidos como Patrimônio Cultural do Brasil e foi inscrita, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) no Livro de Registro dos Lugares. Crescendo em importância e dimensões, passou a ser objeto de interesse de propostas de requalificação urbana, que deverão ser conduzidos conforme as necessidades das pessoas que a vivenciam, diariamente. De segunda a sábado, o movimento dos visitantes e mercadorias atrai pelo tamanho, relevância e diversidade.


SERVIÇO
O que
: Inscrições abertas para o Concurso Público Nacional de Arquitetura e Urbanismo para a Requalificação da Feira Central de Campina Grande (PB)
Período:
de 09 de fevereiro a 30 de março de 2023
Onde: www.concursofeiradecampinagrande.org

 

Saiba mais sobre a Feira Central de Campina Grande

Para além do comércio intenso, a Feira de Campina Grande é um lugar de referência, de criação, de expressão, de sociabilidade e de identidade do povo nordestino. As trocas mercadológicas se misturam às trocas de significados e sentidos, tornando-a um lugar onde se concentram e reproduzem práticas culturais. Dizem que tudo o que se procura é possível encontrar na Feira de Campina Grande. Frutas, hortaliças, cereais, ervas, carnes, animais (vivos ou já abatidos), roupas, flores, doces, artesanato, acessórios para pecuária, comida regional e um extenso leque de serviços, que trazem consigo os personagens que dão vida ao lugar: seleiros, mangaieiros, flandreleiros, barbeiros, balaieiros, raizeiros, fateiros – e tantos outros mestres, com seus saberes e ofícios tradicionais.

Saiba mais sobre o município de Campina Grande:

Campina Grande é considerado um dos principais polos industriais da Região Nordeste bem como principal polo tecnológico da América Latina segundo a revista americana Newsweek. Foi fundado em 1 de Dezembro de 1697, tendo sido elevada à categoria de cidade em 11 de outubro de 1864. De acordo com estimativas de 2017, sua população é de 410 332 habitantes, sendo a segunda cidade mais populosa da Paraíba, e sua região metropolitana, formada por dezenove municípios, possui uma população estimada em 638 017 habitantes. Campina Grande é um importante centro universitário, contando com vinte e uma universidades e faculdades, sendo três delas públicas. É também é a cidade com proporcionalmente o maior número de doutores do Brasil, 1 para cada 590 habitantes, seis vezes a média nacional. Também possui o segundo maior PIB entre os municípios paraibanos, representando 15,63% do total das riquezas produzidas na Paraíba. Uma evidência do desenvolvimento da cidade nos últimos tempos é o ranking da revista Você S/A, no qual Campina Grande aparece como uma das 100 melhores cidades para se trabalhar e fazer carreira do Brasil, única cidade do interior entre as capitais escolhidas no país. O município sedia ainda variados eventos culturais, destacando-se os festejos de São João, que acontecem durante todo o mês de junho (chamado de “O Maior São João do Mundo”), encontros religiosos como o Encontro da Nova Consciência (ecumênico) e o Encontro para a Consciência Cristã (cristão), realizados durante o carnaval, além do Festival de Inverno e outros 20 eventos.

LINKS
ESPECIFICAÇÕES
  • Concurso de arquitetura: Requalificação da Feira Central de Campina Grande
VÍDEOS
Galeria
concursos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Biblioteca BIM Leca ®

»