Concurso Edifício de habitação Filipa d’Água em Almada

Início em 30/05/2022 até 19/07/2022

Categorias: 07 julho2022
O concurso público de conceção para a elaboração do projeto do edifício de habitação Filipa d’Água em Almada é promovido pelo IHRU – Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I.P. em associação com a Câmara Municipal de Almada, e conta com a assessoria técnica da OA-SRLVT.
Com um conhecimento acumulado no setor da habitação económica e de operações de desenvolvimento urbano, o IHRU, I.P., pretende que o presente empreendimento se revele como uma referência de boas práticas no setor da Habitação a Custos Controlados.
O objetivo do IHRU, I.P., com este empreendimento é procurar dar resposta à necessidade de habitações para arrendamento a preços inferiores ao atualmente praticado no mercado, contribuindo para facilitar o acesso à habitação por um maior número de famílias que, presentemente, não encontram resposta às suas necessidades no mercado imobiliário.
Para a concretização desta proposta será necessário controlar de modo decisivo o custo final das habitações, procurando maximizar a área de construção, dentro dos parâmetros da Habitação a Custos Controlados.
Este empreendimento deve inserir-se de forma harmoniosa na malha urbana existente e constituir-se como elemento estruturante, reforçando a qualidade do espaço público envolvente, garantindo uma imagem bem integrada do ponto de vista arquitetónico e um impacto público positivo.
Valor máximo para o custo da obra: € 2.971.100,00 + IVA
Valor base: € 232.500,00 + IVA

Prémios

1º classificado: € 4 600,00 (quatro mil e seiscentos euros)
2º classificado: € 3 600,00 (três mil e seiscentos euros)
3º classificado: € 2 800,00 (dois mil e oitocentos euros)
Júri
– Luís Maria Vieira Pereira Roxo Gonçalves, arquiteto, Vogal do Conselho Diretivo do IHRU, I.P., que preside;
– Ana Cláudia Miguéns Gomes de Almeida, arquiteta, indicada pelo IHRU, I.P. (DPRS);
– Paulo Jorge Modesto Pinto, engenheiro, indicado pelo IHRU, I.P. (DPRS);
– Carla Sofia Farinha Baptista, arquiteta, indicada pela Câmara Municipal de Almada;
– Marta Pavão Carneiro Pacheco, arquiteta, indicado pela Ordem dos Arquitectos – SRLVT.
Membros suplentes:
– Joel António Gonçalves Pereira, engenheiro, indicado pelo IHRU, I.P.;
– Vanda Cristina Sobra Dâmaso Hubbe, arquiteta, indicada pela Câmara Municipal de Almada;
– Laura Sofia Penas Cavaco Palma, arquiteta, indicado pela Ordem dos Arquitectos – SRLVT.

Critérios de seleção

a) Qualidade estética e coerência da solução conceptual (30%)
b) Racionalidade construtiva e exequibilidade financeira (25%)
c) Adequação aos objetivos do Programa Preliminar (15%)
d) Articulação com o território e sistemas envolventes (15%)
e) Sustentabilidade e aspetos de manutenção futura (15%)

Cronograma

Data de envio do anúncio para publicação em D.R.: 20 de maio de 2022
Data limite para pedidos de esclarecimento: 9 de junho de 2022 (23:59)
Data limite para respostas aos pedidos de esclarecimento: 29 de junho de 2022 (23:59)
Data limite para entrega de propostas: 19 de julho de 2022 (17:00)

 

Documentação

LINKS
ESPECIFICAÇÕES
  • Concurso: Edifício de habitação Filipa d’Água
  • Localização: Almada
  • Promotor: IHRU – Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I.P.
  • Programa : Habitação área 2,697m²
Galeria
concursos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Registe a sua Empresa

Crie a sua conta gratuitamente e promova os produtos da sua empresa.

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?