Concurso ‘Hill of the Arts’

Início em 27/01/2020 até 28/04/2020

Categorias: 04 Abril2020

INTRODUÇÃO

Cantabria, Espanha. Paleolítico Superior.

Um homem – provavelmente um Sapiens Sapiens- mergulha os dedos numa solução avermelhada de hematite e traça, sobre as rochas nuas da sua caverna, as formas inequívocas de alguns bisontes.

Este é o início da história da arte.

Ao longo dos séculos o homem explorou os mais diversos modos de expressão, talvez perdendo o sentido desse gesto revolucionário e vanguardista: o que resta, porém, é que a arte ainda representa o instrumento humano mais eficaz para investigar o “além”: o ainda não dito, o ainda não pensado.

A arte é a relação entre artista e utilizador, entre o artista e a realidade ao redor: pressupõe um envolvimento do observador, um esforço de atenção e de contextualização. A arte requer tempo – tempo para ser produzida, tempo para ser compreendida – e num mundo que tem tudo menos a capacidade de tomar um tempo para si, a arte é a forma mais refinada de luxo que o homem pode desejar.

É a partir desta consciência que a Unipol l Urban Up tem o prazer de apresentar Hill of the Arts: o concurso que visa definir uma nova geração de residências-hotel [de luxo], que vão além do esquema do art hotel.

Escondido entre os paramentos de uma Villa Sabauda, Hill of the Arts convida os designers a imaginar um contexto que possa florescer das mais diversas formas de arte; um retiro para artistas e um lugar onde os entusiastas ou os curiosos possam ter uma experiência regeneradora na mais refinada das linguagens humanas: a arte.

Antes de ser um hotel, Hill of the Arts será um centro de expressão artística: feito tanto de música como de pintura, vídeo-arte como de teatro. Um lugar onde as mentes criativas mais ilustres se podem encontrar para comentar, traçar e evoluir os rumos da reflexão artística contemporânea.

Um refúgio para artistas de vanguarda que – assim como Sapiens Sapiens (ou Neanderthal) de 30.000 anos atrás – sabem como nos entregar obras-primas capazes de desafiar o tempo, gerar emoções e despertar mistérios milhares de gerações depois.

Unipol l Urban Up agradece a todos os participantes que aceitarão este desafio.

 

INTERVENÇÕES ADMITIDAS

Para garantir o respeito pelo valor arquitetónico e paisagístico da Villa Altissimo, fornecemos a seguir algumas especificações de projeto que os participantes deverão ter em conta;

a. Serão permitidos novos volumes -autónomos, adjacentes ou dentro das estruturas existentes – desde que:

i.Não comprometam ou tornem ilegíveis as arquiteturas existentes;

ii.Não excedam 5 m de altura;

iii. Não excedam um total de 300 metros quadra-

iv.Sejam incluídos na área prevista no concurso (verificar arquivo dwg);

v. Garantam um desenho que se harmonize com a arquitetura e a paisagem ao redor.

b. Os materiais utilizados deverão harmonizar-se com a arquitetura existente e a paisagem circundante: com- patíveis ou dissonantes, tradicionais ou high-tech, de- verá ser garantido o desenho geral para uma maior valorização das arquiteturas existentes.

c. O complexo deve garantir a máxima acessibilidade possível, especialmente pelos usuários com mobilidade reduzida;

d. O complexo deve ser sustentável do ponto de vista energético;

e. É proibido demolir as estruturas existentes;

f. Operações de escavação e construção de ambientes subterrâneos são permitidas;

g. O plantio/remoção de árvores é permitido; estruturas suspensas nas árvores são permitidas.

 

PROGRAMA

Com demasiada frequência é agora necessário cunhar novas expressões, orientadas para dar nome aos efeitos dramáticos de uma sociedade em constante angústia. “Workhaolism”, “burnout”, “kuroshi”: no mundo, a escalada do stress no trabalho gera fenómenos que reve- lam os limites de certos sistemas sociais e económicos. Portanto, há uma demanda crescente por lugares para recuperar a posse de si mesmo: eremitérios naturais ou artificiais que conseguem se distanciar da hiperconexão, do bombardeio de informação, do excesso de estímulo ao qual se está constantemente sujeito.

Hill of the Arts, neste sentido, quer responder de forma virtuosa à exigência da sociedade contemporânea de dispor de espaços de retiro e regeneração inerentes. Um lugar onde os visitantes poderão desligar os smartphones, regenerar a mente e descobrir o ritmo para o qual todos nascemos: tempo para ser improdutivos – para se afastar das marés de compromissos que inundam nossa vida diária – tempo para perder tempo, tempo para a arte.

Retirar-se para Villa Altissimo deve significar ter uma experiência extensa e exclusiva, composta de conforto, alívio psicofísico, espaços que visam para a construção de uma sensação de bem-estar e relaxamento: uma experiência de reabilitação através da arte.

O desafio do projeto não se refere apenas ao desenho da arquitetura contemporânea conforme com um artefacto arquitetónico de grande valor (a villa histórica) e do seu compêndio natural (o parque), mas também e sobretudo à definição de uma nova integração entre a função de alojamento e a vocação artística.

  1. Teatro; a estrutura deverá prever a inserção de um pequeno teatro/auditório (máximo 50 pessoas) para acolher diferentes tipos de espetáculos: concertos de jazz, espetáculos de dança, leituras, teatro, reservados aos convidados da Villa como um público mais vasto – mas sempre exclusivo -;
  2. Artist Room; a estrutura deverá incluir um número de 3 apartamentos reservados aos artistas; estes quartos terão de ser utilizados tanto como alojamento como para as respetivas necessidades de produção artística, sendo parcialmente visitáveis ou de outra forma visíveis para permitir a exibição da produção artística dos mesmos;
  3. Guest room; quartos para o alojamento de visitantes (a serem fornecidos pelo menos n. 14 suítes);
  4. Art Cabin; estruturas a meio caminho entre a instalação artística e o refúgio, estas devem ser instaladas no interior do parque, garantindo a inclusão de elementos plásticos de extraordinário valor, que também implementam a capacidade recetiva da estrutura: um passeio pelos bosques circundante, cadenciado por diferentes fenómenos arquitetónicos de grande valor estético;
  5. Oficinas/ateliês; além dos espaços das Artist Rooms, haverá oficinas/ateliês para apoiar tanto as atividades coletivas reservadas aos convidados como as atividades de produção criativa que não podem ser hospedadas dentro das Artist Rooms;

 

  1. Galeria de exposições; quer se trate de um espaço exclusivamente dedicado a esta função ou de uma instalação generalizada nas áreas públicas da estrutura (passeios/átrio/receção, etc.), a residência terá de proporcionar espaços orientados para a exposição e coleção de obras de arte adquiridas pela estrutura, bem como as doadas pelos artistas ali hospedados;
  1. Restaurante; o mesmo deve também garantir um motivo de atracão para um público mais vasto, que vem especificamente à Villa para uma experiência gastronómica e vinícola de excelência, como apoio a quaisquer eventos relacionados com a animação artística da Dimora; (máx. 400metros quadrados).
  1. Área de bem-estar; de acordo com os padrões de alojamento mais comuns, a arquitetura deverá proporcionar uma área de bem-estar, equipada com saunas, banho turco, piscinas (internas ou externas) e qualquer outro caminho/experiência que se considere estar de acordo com a essência da estrutura.

 

CALENDÁRIO

27/01/2020 inscrições “early bird” – início

01/03/2020 (h 11.59 pm GMT) inscrições “early bird” – fim

02/03/2020 inscrições “standard” – início

29/03/2020 (h 11.59 pm GMT) inscrições “standard” – fim

30/03/2020 inscrições “late” – início

26/04/2020 (h 11.59 pm GMT) inscrições “late” – fim

29/04/2020 (h 12.00 pm – meio-dia – GMT) término da entrega projetos

04/05/2020 reunião júri

25/05/2020 publicação dos resultados

Esclarece-se que a distinção entre inscrição “early bird”,“standard” o “late” não tem nenhuma influência na data estabelecida para a entrega dos projetos: 29/04/2020.

 

PRÉMIOS

1° PRÉMIO – 10.000 €

2° PRÉMIO – 4.000 €

3° PRÉMIO – 2.000 €

“GOLD” MENTION – 1.000 €

“GOLD” MENTION – 1.000 €

“GOLD” MENTION – 1.000 €

“GOLD” MENTION – 1.000 €

10 HONORABLE MENTIONS

30 FINALISTAS

 

Todas as propostas premiadas vão ser publicadas em revistas e sites de arquitetura e vão ser expostas em exposições internacionais. Todas as propostas finalistas vão ser publicadas em www.youngarchitectscompetitions.com

LINKS
ESPECIFICAÇÕES
  • Concurso: Hill of the Arts
VÍDEOS
Galeria
concursos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

𝗣𝗼𝗿𝘁𝘂𝗴𝗮𝗹 𝗖𝗢𝗻𝗩𝗜𝗗𝗮 𝗧𝗼𝗱𝗼𝘀

Uma ação informal por um bom motivo

Registe a sua Empresa

Crie a sua conta gratuitamente e promova os produtos da sua empresa.