PNAM’21 – Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira

Início em 14/04/2021 até 30/06/2021

Categorias: 06 junho2021

Estão abertas as candidaturas para o Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira, o PNAM’21. Até 30 de junho de 2021 é possível apresentar candidatura a este prestigiado prémio de arquitetura nacional.

O PNAM – Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira, com periodicidade bienal, tem como objetivo incentivar e promover a fileira florestal portuguesa através da inovação, valorização, circularidade, promoção e utilização da madeira e seus derivados em edificações.

 

O PNAM, que em 2021 organiza a sua 6ª edição, destina-se a premiar obras com carácter permanente, realizadas em Portugal, que evidenciem o uso da madeira como material relevante na Arquitetura e que sejam da autoria de Arquitetos inscritos na Ordem dos Arquitectos.

 

Desde o seu lançamento que o prémio tem vindo a ganhar cada vez maior prestígio nacional e internacional, recebendo um elevado número de candidaturas e dando visibilidade a obras de relevância como os Passadiços do Paiva, em 2017, ou o Hotel Casa do Rio, do Arquiteto Francisco Vieira de Campos, na edição de 2019.

Em cada edição é convidado um Júri composto por personalidades do panorama nacional de reconhecido mérito e prestígio nas áreas da Arquitetura, da Engenharia e da Indústria, tendo sido presidido por inúmeras personalidades de renome no mundo da arquitetura em Portugal, nomeadamente o Arqtº  Pedro Bandeira, Gonçalo Byrne, Nuno Sampaio entre outros. Na edição deste ano, o Júri é presidido pelo Arqtº Francisco Vieira de Campos.

 

A cerimónia de entrega do prémio é realizada em espaços emblemáticos de diversas cidades de Portugal. Na edição deste ano, será realizada no mês de setembro na cidade de Guimarães, que desde a primeira hora acolheu o evento nomeadamente recebendo todo o apoio da Autarquia e da Universidade do Minho através da Escola de Arquitetura, Arte e Design e da Escola de Engenharia Civil.

 

A Comissão Organizadora do PNAM é composta por um conjunto de três entidades: AIMMP – Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal, Ordem dos Arquitectos e a Confederação Portuguesa da Construção e Imobiliário que, em cada edição, é reforçada por um conjunto de entidades que participam como Patrocinadores, Apoio Institucional e Media Partners, e que permitem a sua realização.

 

Este prémio é, antes do mais, o reconhecimento da enorme qualidade da arquitetura nacional  aliada à madeira enquanto material construtivo com qualidades excelentes ao nível estrutural, estético e enquadrado no contexto da Economia Circular, sendo uma matéria-prima natural oriunda das nossas florestas e sua indústria, de que a AIMMP é representante a nível nacional e internacional.

O PNAM – Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira, com periodicidade bienal, tem como objetivo incentivar e promover a fileira florestal portuguesa através da inovação, valorização, circularidade, promoção e utilização da madeira e seus derivados em edificações.
O PNAM, que em 2021 organiza a sua 6ª edição, destina-se a premiar obras com carácter permanente, realizadas em Portugal, que evidenciem o uso da madeira como material relevante na Arquitetura e que sejam da autoria de Arquitetos inscritos na Ordem dos Arquitectos.
A Comissão Organizadora do PNAM é composta por um conjunto de três entidades: AIMMP – Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal, Ordem dos Arquitectos e a Confederação Portuguesa da Construção e Imobiliário que, em cada edição, é reforçada por um conjunto de entidades que participam como Patrocinadores, Apoio Institucional e Media Partners, e que permitem a sua realização.
 

Candidaturas

Podem candidatar-se ao PNAM’21 obras com carácter permanente que evidenciem o uso da madeira como material relevante na Arquitetura, que tenham sido concluídas entre 1 de Janeiro de 2019 e 31 de Dezembro de 2020, e que sejam da autoria de arquitetos, membros em efetividade de direitos na Ordem dos Arquitectos.
 

Prémio

À obra vencedora serão atribuídos os seguintes prémios:
– Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira 2021 BALBINO E FAUSTINO (Patrocinador de Platina) no valor monetário de 10.000,00 (dez mil) Euros, ao(s) autor(es) do projeto de arquitetura;
– Troféu PNAM, em madeira, desenhado por Álvaro Siza;
– Uma placa em madeira com gravação de distinção e louvor para o dono da obra;
– Uma placa em madeira com gravação de distinção e louvor para a empresa de construção da obra.
– Uma placa em madeira com gravação de distinção e louvor para a empresa de carpintaria construtora da obra.

Critérios seleção

a) Qualidade arquitetónica da obra, em termos conceptuais, funcionais e de enquadramento na envolvente;
b) Originalidade, inovação e versatilidade na utilização/aplicação da madeira e/ou seus derivados;
c) Qualidade técnica e construtiva na utilização/aplicação da madeira e/ou seus derivados;
d) Capacidade de utilização sustentável da madeira e/ou seus derivados, desde a seleção da sua origem, à forma e processo de aplicação, bem como à sua conservação ao longo da vida útil da obra.

Cronograma

Data limite para pedidos de esclarecimento: 14 de maio de 2021 (17h00)
Data de respostas aos pedidos de esclarecimento: 31 de maio de 2021
Data limite de apresentação de candidaturas: 30 de junho de 2021 (17h00)
Data de anúncio dos resultados: setembro de 2021

 

LINKS
ESPECIFICAÇÕES
  • Prémio: PNAM’21
VÍDEOS
Galeria
concursos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Prémios de Arquitetura BigMat’21

Mais informações »

Webinars Leca®

Inscreva-se!