Aberturas: Tom Emerson em Conversa com o Arquivo Álvaro Siza

Início em 24/10/2018 até 27/01/2019

Categorias: Exposições

"Conversas com o Arquivo Álvaro Siza” é um novo ciclo de exposições que pretende colocar o trabalho de Álvaro Siza em diálogo com algumas das mais relevantes práticas arquitetónicas contemporâneas. Para cada um dos ciclos expositivos será escolhido um arquiteto que, enquanto curador convidado, selecionará materiais do Arquivo, apresentando-os depois em relação com o seu próprio trabalho. Tom Emerson, do gabinete de arquitetura londrino 6a architects, iniciará este ciclo.

As aberturas têm um papel muito especial na história da arquitetura e na vida de um arquiteto. Aberturas são todos os orifícios deixados nos volumes construídos para a passagem de pessoas, de luz, de ar. Na sua maioria tomam a forma de portas e janelas. São, sob diversos aspetos, os elementos arquitetónicos mais dinâmicos e funcionais, abrindo-se e fechando-se constantemente para permitir que as necessidades da vida passem do exterior para o interior, não sem também prevenir os perigos que queremos evitar. Portas e janelas têm de ser robustas para resistirem ao desgaste provocado pelo clima e o uso ao longo de décadas ou mesmo de séculos. No entanto, elas são também o lugar do nosso mais íntimo encontro com a arquitetura, o primeiro contacto com o edifício à entrada e o último à saída. Abrir uma janela é o ato que inicia o intercâmbio diário entre o nosso eu privado e o mundo lá fora. É por esta razão que as aberturas de um projeto constituem uma parte tão importante do trabalho criativo e técnico de um arquiteto. São essas aberturas que revelam as relações mais profundas entre um indivíduo e a sociedade.

Selecionados de entre os mais de 6000 desenhos que constituem o Arquivo Álvaro Siza conservado na Fundação de Serralves, os pormenores de construção apresentados na exposição traçam a evolução da arquitetura de Siza de 1954 até meados dos anos 1970. Centrando-se nas duas décadas iniciais da longa carreira de Siza, esta exposição não só constitui a oportunidade de analisar alguns dos seus primeiros projetos — fundamentais, ainda que menos conhecidos —, como também aborda a interseção entre os desenvolvimentos políticos e a evolução da arquitetura que transformaria profundamente Portugal e o trabalho de Siza depois da Revolução de 1974.

Tom Emerson, uma das vozes mais singulares da arquitetura europeia contemporânea, estudou na Universidade de Bath, no Royal College of Art e na Universidade de Cambridge. O atelier 6a architects, fundado com Stephanie Macdonald em 2001, ganhou importantes concursos de arquitetura e o seu trabalho tem sido reconhecido em numerosas ocasiões: tem sido nomeado para o Prémio de Arquitetura Contemporânea da União Europeia (Mies van der Rohe Award) em 2011, 2013 e 2015 e, em 2012 recebeu a Medalha Schelling de Arquitetura. Foi professor na Architectural Association de Londres e atualmente é Professor de Arquitetura na ETH de Zurique.


Exposição organizada pelo Museu de Arte Contemporânea de Serralves e comissariada por Carles Muro, curador adjunto dos programas de arquitetura do Museu de Serralves, em conversação com Tom Emerson da 6a architects.

Imagem: Arquivo Arqtº Álvaro Siza. Col. Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto. Doação 2015. Foto Filipe Braga, © Fundação de Serralves, Porto.

LOCAL
Biblioteca de Serralves

DIAS
25 OUT 2018 – 27 JAN 2019

LINKS
ORADORES
  • Tom Emerson
ESPECIFICAÇÕES
  • Tema: Conversas No Arquivo Álvaro Siza - Tom Emerson
  • Datas: 25 de Outubro de 2018 – 27 de Janeiro de 2019
PDFS
Galeria
eventos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?