Ci.CLO Bienal Fotografia do Porto “Adaptação e Transição”

Início em 16/05/2019 até 02/07/2019

Categorias: debates

De que forma podemos colaborar na transição para uma sociedade mais adaptada e sustentável? Como pode o pensamento e a criação artística contribuir para expandir o discurso em torno destas questões e traduzi-las em ação?

 

«Adaptação e Transição» é o título da primeira Ci.CLO Bienal Fotografia do Porto, cujo tema propõe uma relação dialógica com o contexto atual marcado pela crise social e ecológica que enfrentamos. Os seres humanos enquanto força de construção e destruição estão a mudar drasticamente a estrutura do planeta. A adaptação a um meio ambiente em profunda mudança e cada vez mais incontrolável é um desafio inevitável para todos os seres vivos, onde humanos, animais, plantas e outras formas de vida negoceiam a sua sobrevivência. Adaptar-se à transição é já uma inevitabilidade. Aceitar e iniciar essa transição é uma oportunidade de agirmos. Torna-se urgente redescobrir outras formas de pensar e olhar para a diversidade da vida de uma forma renovada e participante. Para continuar nesta jornada evolucionária de adaptação e transição é fundamental reorganizar o nosso conhecimento e percepções, explorar novas interações e hábitos, criar relações mais simbióticas entre o ser humano, os restantes seres vivos e a terra. Ou seja, estabelecer novos valores sociais, políticos e económicos que sejam ecologicamente sustentáveis.

 

A Bienal vai decorrer de 16 de maio a 2 de julho de 2019, com  abertura no dia 16 de maio pelas 18h, nos Jardins do Palácio de Cristal.

 

PROGRAMA
16 MAIO
> 18h – ABERTURA da Ci.CLO BIENAL DE FOTOGRAFIA DO PORTO ‘19 nos Jardins do Palácio de Cristal.

17 MAIO
> 10h às 18h – Oficina THE FUTURE I WANT de Alberto Giuliani (IT), no Auditório da Casa do Infante.
> 16h às 19h – PORTRAIT-SESSIONS de Constanze Flamme (DE) nos Jardins do Palácio de Cristal (junto à obra da artista)
> 18h – Visita guiada à exposição SURVIVING HUMANITY e conversa com o artista Alberto Giuliani (IT), nas Galerias Paços do Concelho CMP.

18 MAIO
> 11h30 – Visita guiada à exposição BESÒS : A NOBLE ECOSYSTEM e conversa com as artistas Luna Coppola e Silvia Campidelli, projeto Duae Collective (IT), na Casa do Infante.
> 12h às 15h – PORTRAIT-SESSIONS de Constanze Flamme (DE) nos Jardins Palácio de Cristal (junto à obra da artista)
> 16h – Visita guiada à exposição FUTURE SCENARIOS e conversa com Lena Dobrowolska & Teo Ormond-Skeaping (PL e UK) na Reitoria da UP, com a presença da embaixada do Reino Unido.
> 16h – Visita guiada à exposição TROPISMO FOTOGRÁFICO #01 PALACETE – FÁBRICA – ILHA – ESCOLA e conversa com os artistas Diana Carvalho, João Paulo Lima, Miguel Refresco e Nicole Tsangaris, no Museu da Faculdade de Belas Artes.
> 18h – Visita guiada à exposição STORIES ON EARTHLY SURVIVAL e conversa com o curador Krzysztof Candrowicz (diretor artístico da Trienal de Fotografia de Hamburgo) e os artistas Martin Errichiello e Filippo Menichetti (IT), Ewa Ciechanowska e Artur Urbanski (PL) e Claudius Schulze (DE), no Centro Português de Fotografia.
> 18h – Visita à exposição SIXTH NATURE com curadoria de Diogo Bento (PT), no Centro Português de Fotografia.
> 20h – Visita guiada à exposição EXÍLIO DA PAISAGEM e conversa com o curador José Maia (PT) e os artistas Chana de Moura (BR) e Dinis Santos (PT) , no MIRA FORUM.

19 MAIO
> 9h às 17h – Oficina CENÁRIOS DO FUTURO: COMO FOTOGRAFAR AS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS? com Lena Dobrowolska & Teo Ormond-Skeaping (PL e UK), na Reitoria da Universidade do Porto.
> 16h às 19h – PORTRAIT-SESSIONS de Constanze Flamme (DE), nos Jardins Palácio de Cristal (junto à obra da artista)

21 MAIO
> 9h30 às 12h30 – Oficina UMA CAMPANHA PARA O NOSSO PLANETA! O QUE FAZEMOS CONTA! com Constanze Flamme (DE), na Escola EB 2/3 de Augusto Gil.

23 MAIO
> Visita guiada à exposição COLEÇÃO CITYZINE com o curador Pedro Leão Neto (PT) na Biblioteca Almeida Garrett.

24 MAIO
> 16h – Visita guiada à exposição DA UTILIDADE E DESVANTAGEM DA HISTÓRIA PARA A VIDA no Palácio de Belomonte com a curadora Eduarda Neves (PT) e os artistas André Coelho (PT), Antónia Nascimento (PT), Artur Leão (PT), Carla Maciel (PT), Nahir Capelo (PT) e Raquel Nunes (PT).
> 21h30 – Solilóquios com Luis Bittencourt, no Yoga Sobre o Porto.

1 JUNHO
> 10h às 18h – Oficina SINAIS EXTERIORES DE GENTRIFICAÇÃO com Álvaro Domingues (PT) na Casa Comum – Reitoria UP.

2 JUNHO
> 21h30 – Solilóquios com Pierre Bastien no Yoga Sobre o Porto.

8 JUNHO
> 15h às 19h – SIMPÓSIO DA Ci.CLO BIENAL ‘19, no auditório da Biblioteca Almeida Garrett. Convidados honorários para debater as temáticas da Ci.CLO Bienal ‘19 entre eles Gil Penha-Lopes (PT) biólogo, investigador e ativista; Tim Clark (UK) curador e editor da revista 1000 Words.
> Lançamento do guia verde CREATIVE RESPONSES TO SUSTAINABILITY – PORTUGAL GREEN GUIDE 2019, no auditório da Biblioteca Almeida Garrett, com a presença de Valentina Riccardi editora coordenadora da Fundação Ásia-Europa.

9 JUNHO
> 21h30 – Solilóquios com Rodrigo Amado, no Yoga Sobre o Porto

15 JUNHO
> 18h – Projeção Performativa LUZ, CLARÃO, FULGOR — AUGÚRIOS PARA UM ENQUADRAMENTO NÃO HIERÁRQUICO E VENTUROSO de Sílvia das Fadas (PT), no Palácio de Belmonte.

16 JUNHO
> 10h às 13h – Oficina DESCOBERTA E VIVÊNCIA DO MUNDO NATURAL QUE NOS RODEIA: DO MACRO AO MICRO com Cédric Pedrosa, Joana Guedes e Rita Cirne, no Parque da Cidade.

22 JUNHO
> 10h às 13h – Oficina humanimal com Rita Castro Neves & Daniel Moreira (PT) , no Palácio de Cristal.

23 a 28 JUNHO
> Residência Artística IMERSÃO NA PAISAGEM – CAMINHAR, PARAR, REPARAR com Manuela Ferreira, Tiago Porteiro e Virgílio Ferreira, na Paisagem Protegida Corno de Bico, Paredes de Coura

30 JUNHO
> 10h às 17h – Oficina DO INQUÉRITO VISUAL AO MANIFESTO com Marta Wengorovius nos Jardins do Palácio de Cristal

Sobre

A Ci.CLO Bienal Fotografia do Porto é uma plataforma de criação, debate e reflexão; um Ci.CLO que celebra a prática artística e se renova a cada dois anos. A Ci.CLO desenvolve um trabalho contínuo de pesquisa e experimentação em colaboração com artistas, que a partir da fotografia e da sua relação transdisciplinar com outros campos artísticos, coloquem em questão as suas próprias metodologias e proponham narrativas, tanto utópicas como distópicas, motivadas por mudanças culturais e ambientais. A maioria dos trabalhos apresentados na Bienal são resultado das várias residências e laboratórios de pesquisas realizados no âmbito deste programa. Os projetos de criação e exposição desenvolvidos pela Ci.CLO apoiam abordagens inovadoras de representação visual que contribuam para uma maior consciencialização crítica sobre as vulnerabilidades ecológicas e sociais que enfrentamos.

Galeria
LINKS
ESPECIFICAÇÕES
  • Tema:: Ci.CLO Bienal Fotografia do Porto "Adaptação e Transição"
eventos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Vulcano

O parceiro certo para um apoio total

Tectum PRO

Sistemas Construtivos Cobert