FAUP Comunicação

Conferência ‘Entre o ideal de normalização e o desígnio de singularidade’ por André Santos

Início em 26/06/2019 até 26/07/2019

Categorias: conferências

Entre o ideal de normalização e o desígnio de singularidade integra o Ciclo de Conferências sobre projetos e obras, pela palavra dos seus autores, do projeto de investigação ESCOLAS: Complexidade e Interpretação. A conferência será proferida pelo Arquiteto e professor da FAUP André Santos, sobre a intervenção de reabilitação e modernização da escola secundária de Canelas (Vila Nova de Gaia).

Intervindo num edifício de tipologia pavilhonar “3×3”, construído na década de 80, o projeto ambiciona aglutinar a escola num único edifício e assegurar a identidade necessária à reafirmação da instituição escolar perante o contexto sociocultural e urbano.A conferência vai realizar-se no dia 26 de Junho de 2019, às 15h00, no Auditório Fernando Távora – FAUP. A apresentação do conferencista vai ser feita pelo arquitecto e professor da FAUP Rui Américo Cardoso.

André Miguel Guimarães dos Santos nasceu no Porto em 1964 e licencia-se em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto em 1989.
É docente na FAUP desde 2006, tendo-se doutorado em 2016 com a tese “Similaridades e singularidades na reabilitação arquitetónica do parque escolar – Programa promovido pela Parque Escolar, E.P.E. no norte de Portugal (2007-2011)”.
Atualmente é Professor Auxiliar na FAUP, lecionando na unidade curricular Projeto 3, centrada no programa da habitação plurifamiliar, tendo sido regente da UC Optativa Arquitetura e Desenho (2017-18 1S).
Em 2017 ingressa no CEAU, enquanto investigador integrado, no grupo de investigação Atlas da Casa, participando em diversas iniciativas, sendo de destacar as coordenações dos livros de Projeto 3, do projeto “Vozes Vivas”, e ainda do projeto “ESCOLAS: Complexidade e Interpretação”.
É coautor dos livros “Siza Vieira” e “Eduardo Souto de Moura” editados pela QuidNovi e tem vários artigos publicados, nomeadamente na Resdomus.
Conta com uma vasta produção profissional, salientando-se a reabilitação do Teatro Académico Gil Vicente (Coimbra), o Museu do Vinho da Bairrada (Anadia), o Parque Central (Maia), e a reabilitação das escolas secundárias Inês de Castro e de Canelas (ambas em Gaia).

Este Ciclo de Conferências pretende ser um espaço de debate sobre projetos e obras, protagonizadas pelos seus autores, e constitui o primeiro momento de apresentação pública do projeto de investigação ESCOLAS: Complexidade e Interpretação. Este projeto, sediado no CEAU, resulta da colaboração de dois grupos de investigação que, sob a coordenação de André Santos (HPTDeE/AdC), e colaboração de Ana Costa e Silva (AdC), Luís Viegas (DiPDArq/MDT) e Rui Américo Cardoso (DiPDArq/MDT), tem como pano de fundo a transformação arquitetónica dos edifícios escolares intervencionados ao abrigo do programa da Parque Escolar, E.P.E., constituído por um universo de 76 escolas localizadas “a norte” do país.

Entrada livre (sujeita à lotação da sala).
Programa sujeito a alterações (sem aviso prévio).
Galeria
LINKS
ESPECIFICAÇÕES
  • Conferência : 'Entre o ideal de normalização e o desígnio de singularidade' por André Santos
eventos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Vulcano

O parceiro certo para um apoio total

Tectum PRO

Sistemas Construtivos Cobert