Espectáculo ‘Percursos pela arquitectura – relações entre o corpo e o espaço’

Início em 29/03/2018 até 30/03/2018

Categorias: outros

A Companhia Instável, em parceria com a FAUP, organiza a iniciativa ‘Percursos pela arquitectura – relações entre o corpo e o espaço’ que inclui um projecto de criação coreográfica e performance.


O resultado do trabalho desenvolvido será apresentado no formato de um espectáculo com apresentações nos dias 30 e 31 de Março de 2018, Sexta e Sábado, às 21h30, em vários espaços da FAUP.

A peça terá uma duração estimada de 1h15.


As reservas de bilhetes podem ser efectuadas através do e-mail lugar@companhiainstavel.pt ou telemóvel 916 730 455
Os bilhetes (3 €) estarão disponíveis na FAUP nos dias do espectáculo, a partir das 21h00.
A lotação é limitada a 60 lugares por apresentação.
Recomenda-se a utilização de roupa e calçado confortável, uma vez que o espectáculo implica a realização de diversos percursos a pé na FAUP (interior e exterior).

Projecto Percursos
Com o intuito de encontrar uma forma de diálogo com espaços urbanos em que a arquitetura, as histórias e os destinos por eles oferecidos são o ponto de partida para a criação, este projeto consiste na construção de pequenas peças coreográficas através da exploração de diversos locais e contextos não formais para a Dança. Os participantes encontram aqui a possibilidade de criar uma pequena peça coreográfica a partir da contaminação com o espaço em que o corpo se insere, descobrindo e estabelecendo novas relações, consigo próprios e com o espaço habitado.
O público é conduzido por um trajeto que percorre todos os espaços inusitados eleitos pelos criadores para receber a sua criação.
Na sua 14ª edição, desde 1999, este projeto propõe o trabalho de colaboração e cocriação entre estudantes de coreografia (formação avançada desenvolvida pela Companhia Instável) e alunos e ex-alunos da Universidade do Porto.
São incentivadas a experimentação, a análise e a reflexão como princípios fundamentais da Dança Contemporânea e como pilares deste projeto, que conduzem os criadores à sua própria descoberta e à descoberta de espaços que surpreende e inova pela originalidade da criação que propõe.
Tendo como ponto de partida a prática artística, os criadores desenvolvem capacidades criativas e espírito de iniciativa, em regime de cooperação com o próximo.

Companhia Instável
A Companhia Instável é um projeto cujos objetivos se centram no desenvolvimento da dança contemporânea do país e da cidade e na criação de oportunidades profissionais a intérpretes de dança contemporânea. O seu projeto de companhia consiste no convite a um criador de renome internacional para criar para e a partir de um conjunto de jovens intérpretes selecionados por audição. Após as últimas criações com o coreógrafo israelita Hofesh Shechter, o encenador Tiago Rodrigues e, mais recentemente, com o coreógrafo sul-africano Gregory Maqoma, em 2015 a Companhia Instável convida Emmanuelle Huynh, uma coprodução com a Fundação de Serralves.
No seu projeto Lugar Instável – Campo para as Artes Performativas sediado no TM Campo Alegre, são desenvolvidas residências artísticas para jovens criadores e disponibilizada uma oferta formativa na área da dança e outras complementares, dirigida a profissionais e estudantes interessados em aprofundarem os seus conhecimentos e competências. Este espaço pretende constituir-se como um local de encontro, partilha e reflexão em torno das práticas artísticas. A Companhia Instável conta com direcção de Ana Figueira, direcção técnica de Ricardo Alves, como consultores artísticos Cecília Folgado e Cristina Planas Leitão.

LINKS
ESPECIFICAÇÕES
  • Tema: Espectáculo 'Percursos pela arquitectura - relações entre o corpo e o espaço'
PDFS
Galeria
eventos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?