FAUP Comunicação

Exposição | ‘um modo de ver’ de Rui Américo Cardoso

Início em 27/02/2020 até 08/04/2020

Categorias: Exposições

A exposição ‘um modo de ver’ de Rui Américo Cardoso, com curadoria de José Maria Lopes, inaugura no dia 27 de fevereiro, às 18h30, no Átrio do Auditório da Biblioteca, no âmbito do projeto Riscotudo.

A mostra, de entrada livre, estará patente até 9 de abril, no Átrio do Auditório da Biblioteca, de 2.ª a 6.ª feira, das 9h00 às 20h00 (encerra aos feriados).

 

um modo de ver

Quem desenha, desenha-se. Estes são desenhos de um arquitecto, com a sua formação, percurso, e expressão.
Nesta exposição apresentam-se registos de processos de investigação potenciados pelo desenho. Sendo maioritariamente desenhos do ofício de arquitecto, entendido como prática artística, são registos que se agitam entre sentimento e razão, gesto e contenção, inventiva e comprovação, dúvida e afirmação; são registos de processos de experimentação e reflexão que estimulam e concretizam intersecções e corroborações; são registos que convocam temas e conceitos do âmbito da organização do espaço e da composição plástica,… na procura de significação. No essencial desconhecemos, e essa é a condição primordial para continuar. Este desenho, realizado por necessidade de descoberta e conhecimento, não é representação do pensamento, é o próprio pensamento,… desenhamos porque desconhecemos. Este desenho é experiência corpórea e sensorial de quem habita os espaços imaginários, possui um sentido interpretativo e conceptual, permitindo corporizar observações e visões, entendimentos e vislumbres. Se a ideia estimula o desenho, também o desenho estimula a ideia.
O que aqui se apresenta são desenhos de interpretação e de transformação do desenho do espaço construído,… e alguns desenhos “sem desenho”. O que aqui se apresenta é um modo de ver, que determina um modo de fazer, por ser um modo de ser.
― Rui Américo Cardoso

Rui Américo Cardoso, arquitecto pela FAUP (1994), onde é docente desde 2003. A desenho, foi aluno de António Quadros, Alberto Carneiro e Vitor Silva. Inicia actividade liberal em 1994. Foi bolseiro da Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (JNICT). Integrou diversas equipas de investigação e de projecto no Centro de Estudos da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (CEFA-UP). Integra o grupo de investigação Morfologias e Dinâmicas do Território, do Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo (CEAU) e a coordenação da Linha de Investigação: Diálogos entre a Prática e a Didáctica em Arquitectura: Produção, Ensino e Investigação (DiPDArq/MDT/CEAU), no âmbito da qual tem organizado diversas actividades, com destaque para o Ciclo de palestras “(E)DUCERE: complexos, implexos e reflexos” (EDU.cir) e o Ciclo de aulas/conferências “Mapas e Diálogos na Arquitectura Contemporânea” (MDArC).

 

Projecto Riscotudo

O projecto Riscotudo constitui-se como um Espaço na FAUP destinado a exposições de Desenho localizado no Átrio do Auditório da Biblioteca. Com projecto de José Manuel Barbosa que partilha a curadoria com José Maria Lopes, Riscotudo é “um espaço expositivo onde se apresentam propostas que trabalham os elementos gráficos e plásticos do desenho privilegiando técnicas e concepções estéticas dispares”.

Mais informações em riscotudo.wordpress.com

Entrada livre (sujeita à lotação do espaço).
Programa sujeito a alterações (sem aviso prévio).

Este evento é passível de ser registado e divulgado pela FAUP através de fotografia e vídeo.

 

Imagem ©Francisca Figueiredo, A3, 2017/2018

LINKS
ESPECIFICAÇÕES
  • Tema: 'um modo de ver' de Rui Américo Cardoso
Galeria
eventos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Workshop . Lisboa

Como Vender o Que Não Se Vê

Isopan

Apresentamos a Esquadria Perfeita