Roteiro de Arquitetura no Douro

Início em 14/06/2018 até 15/06/2018

Categorias: outros

O ponto de partida deste roteiro são as obras que arrebataram o Prémio Arquitetura do Douro e no dia 15 de junho a visita abrange um dos cinco espaços já galadoardos. O encontro faz-se em colaboração com a Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitetos, às 15h00, em Foz Côa, no Centro de Alto Rendimento do Pocinho, uma obra do arquiteto Álvaro Fernandes Andrade.


Esta sessão insere-se na iniciativa "SOMOS DOURO", promovida pela CCDR-N, a Comunidade Intermunicipal do Douro e a Liga dos Amigos do Douro Património Mundial no âmbito da classificação do Alto Douro Vinhateiro Património Mundial. Comissariada por Anabela Mota Ribeiro, jornalista natural da região, esta ação foi desenhada para envolver a população do território num festival que inclui um fórum, conversas, roteiros, oficinas e espetáculos nos 19 concelhos do Douro. É cofinanciada pelo NORTE 2020, no âmbito do Portugal 2020 e através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.


João Pinto Coelho é o convidado escolhido para guiar os participantes no roteiro que se realiza a 16 de junho, pelas 15h00, ao Parque Arqueológico do Côa. As gravuras paleolíticas, classificadas há 20 anos pela UNESCO como Património Mundial, fazem parte desta visita. Instado pela organização, o escritor e vencedor do Prémio Leya resume a visita com estas palavras:

"No alto do monte, o Museu, um pedregulho de betão formado ali como as aparas de xisto de que toma a aparência. Lá em baixo e a toda a volta, os outros montes, os trilhos, as praias e as uvas raquíticas de Junho. Rasgando a eito, flui o Côa, uma veia sinuosa entre as histórias picotadas nas mesmas rochas de sempre – copas verdes aos milhares, fragas aos milhares, anos aos milhares.

Um punhado de horas de conversas e silêncios, de luz e de sombras, de passos e paragens; ou a história de um só dia que se contará a falar de arquitectura, a falar de livros, a falar das vidas de outra gente que por ali passou e, por qualquer razão preciosa, se quis inscrever na pedra".

O Conselho Directivo da Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos informa que, os membros que se inscreverem nas duas visitas guiadas dos dias 15 e 16 junho – sexta-feira e sábado – ao Centro de Alto Rendimento do Pocinho e Museu do Côa, terão direito a estadia gratuita e pequeno-almoço no Centro de Alto Rendimento do Pocinho, até à lotação máxima do espaço (35 quartos individuais).

Os interessados deverão efectuar o pagamento de uma caução de 10€, valor que será devolvido mediante apresentação de comprovativo de presença nas duas visitas. O comprovativo deverá ser solicitado à organização no final de cada visita.

As inscrições para o alojamento, validadas por ordem de chegada, deverão ser efectuadas para o email comunicacao@oasrn.org, com o assunto “Estadia-Douro”, e só serão validadas quando acompanhadas do comprovativo de pagamento da caução.

O pagamento da caução pode ser efectuado através de transferência bancária para o IBAN PT50 0033 0000 4521 6135 1320 5, ou directamente nas instalações da OASRN (Rua Álvares Cabral, 144, 4050-040 Porto).

O transporte está também assegurado a partir do Porto, sendo que o ponto de encontro e horários serão atempadamente comunicados.

Inseridas no programa do Festival Somos Douro, as visitas guiadas a 5 edifícios distinguidos com o Prémio de Arquitectura do Douro, das quais a OASRN foi parceira na organização, terminam no sábado, às 11h, com os arquitectos Tiago Pimentel e Camilo Rebelo e a engenheira Ângela Nunes a orientarem a visita ao Museu do Côa.

No dia anterior, sexta-feira, às 15h, Álvaro Andrade vai guiar os participantes pelo Centro de Alto Rendimento do Pocinho.

As inscrições para as visitas pode ser no link abaixo.

LINKS
ORADORES
  • Álvaro Andrade
  • João Pinto Coelho
ESPECIFICAÇÕES
  • Tema: Roteiro de Arquitetura no Douro - C. Alto Rendimento do Pocinho
PDFS
Galeria
eventos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Biblioteca BIM Leca ®

»