5 Projetos finalistas para o EU Mies Award 2019

Categorias: Arquitetura

Já foram divulgados os cinco projetos finalistas para o Prémio EU Mies Arquitetura Contemporânea de 2019, um prémio atribuído conjuntamente pela Comissão Europeia e pela Fundação Mies van der Rohe. O prémio bienal, que reconhece os projetos localizados na Europa que demonstram excelência em "termos conceituais, sociais, culturais, técnicos e construtivos".

Os projetos selecionados estão localizados na Albânia, Bélgica, França, Alemanha e Espanha, uma variedade de locais de uma lista que incluiu obras localizadas em 17 países europeus. Dos 40 projetos da lista original, os cinco selecionados incluem obras nas categorias de saúde, cultura, masterplan, uso misto e habitação coletiva.

“Os indicados de 2019 destacam as áreas metropolitanas como a localização da maioria das obras, mas o mapa também revela a geração de eixos como o de Dublin-Bruxelas-Ljubljana-Tirana, onde vivem 100 milhões de europeus e onde um terço do número total de obras nomeadas foram construídas", explicou o coordenador do prémio, Ivan Blasi.

Os cinco projetos pré-selecionados para o Prémio Mies EU 2019 são:

– Skanderbeg Square / 51N4E; Anri Sala; Plant en Houtgoed and iRI . Tirana, Albânia

Citação do júri: "Skanderbeg Square – o seu estado de 2008 – inspirou um sentimento de temor e possuiu uma certa indefinição que criou uma sensação de abertura. O desenho reorganiza o vasto espaço antigamente comunista de maneira simples, mas radical, abrindo-o até a novas formas de leitura".


– PC CARITAS / architecten de vylder vinck tailleu . Melle, Bélgica
Citação do júri: "E se um ambiente construído que perdeu seu significado e propósito, se esse edifício não deve ser reformado para outro programa ou funcionalidade e então espera-se que ele seja demolido … e se o edifício for mantido e preparado para se tornar um projeto experimental para redescobrir, explorar e definir outros possíveis modos de vida?"
– Transformation of 530 dwellings – Grand Parc Bordeaux / Lacaton & Vassal; Frédéric Druot Architecture e Christophe Hutin Architecture . Bordeaux, França
Citação do júri: "O projeto consiste na transformação de 3 edifícios de habitação social com 530 moradias. Construído no início dos anos 60, eles precisavam de uma renovação após a sua demolição ter sido descartada. A transformação das habitações ocupadas, parte do interior, para dar-lhes novas qualidades: mais espaço, mais luz, mais vista e melhoramento das instalações. "

– Terrassenhaus Berlin / Brandlhuber+ Emde, Burlon; Muck Petzet Architekten . Berlim, Alemanha
Citação do júri: "O Terrassenhaus Berlin, localizado em Berlin-Wedding, é um ateliê multiuso e um edifício de galeria que combina diferentes formas de uso."

– Plasencia Auditorium and Congress Centre / selgascano – Plasencia, Espanha
Citação do júri: "O centro está na fronteira entre a cidade e o campo, nos arredores de Plasencia, a fronteira entre o que foi tocado por uma humanidade menos artificial e o que foi tocado por milénios de clima. O que foi tocado pela humanidade encobriu aqueles milênios com a varredura de uma espátula em poucos anos ".


Em abril, o júri do Prémio visitará as cinco obras pré-selecionadas para determinar o vencedor do prémio e o vencedor da categoria Arquiteto Emergente. Estes prémios serão anunciados no final de Abril, seguindo-se uma cerimónia de entrega de prémios que acontecerá no Pavilhão Mies van der Rohe em Barcelona, ​​no dia 07 de Maio de 2019.
LINKS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE