70 edifícios estão a ser reabilitados na baixa do Funchal

Categorias: Arquitetura

70 edifícios estão a ser reabilitados na baixa do Funchal, a Câmara Municipal do Funchal aprovou a Intervenção no quarteirão da Insular e permite que o projecto da Savoy avance.

A intervenção de reabilitação urbana a levar a cabo pela Savoy, empresa do Grupo AFA, no quarteirão da antiga Companhia Insular Moinhos, com destaque para o histórico edifício, será aprovada hoje na reunião semanal da Câmara do Funchal.

Uma obra que se enquadra no propósito de reabilitação urbana que a a autarquia assume desenvolver desde 2014, com um programa virado para o Centro Histórico, designado ‘Cidade ComVida’, que delimitou uma Área de Reabilitação Urbana (ARU) de 1,13 km2 na baixa funchalense, abrangendo os núcleos históricos de Santa Maria Maior, Sé, São Pedro e Santa Luzia, e que já permitiu reabilitar cerca de centena e meia de edifícios desde então.

Neste momento estão a ser reabilitados 70 edifícios na baixa funchalense – conforme ilustra a imagem -, com exemplos especialmente notórios na Avenida Arriaga, na Rua da Carreira, na Rua do Carmo ou na Zona Velha da cidade, entre outros.

Nas ARUs do Município, que já são três neste momento, somando-se o vale da Ribeira de João Gomes, em Santa Luzia, e a zona da Corujeira e Tornos, na freguesia do Monte, é aplicada uma longa lista de incentivos fiscais à reabilitação do edificado, que incluem, entre outros, isenções de IMI, IMT e várias taxas municipais, deduções ao IRS, aplicação do IVA à taxa mínima e tributação à taxa reduzida de mais-valias e rendimentos prediais

A Reabilitação Urbana tem sido assumida pelo actual executivo como “o desafio da década para o Funchal”, com o Gabinete de Apoio à Presidência a destacar o facto do Município ser “um actor central no processo de inversão da degradação do património edificado do concelho desde 2014, promovendo a recuperação do mesmo por iniciativa privada, a par e passo dos investimentos na requalificação do espaço público, e da criação de novas centralidades, tal como é este o caso”.

Savoy investe 60 milhões no quarteirão da Insular

A Savoy, Investimentos Turísticos S.A. recebe luz verde da Câmara Municipal do Funchal para avançar com a reconstrução, remodelação e requalificação do quarteirão da Insular, delimitado pelo Largo do Pelourinho, Rua Visconde de Anadia e Travessa da Malta.

O investimento global ronda os 60 milhões de euros e uma vez em marcha, a obra que visa erguer o SAVOY RESIDENCE INSULAR deverá demorar ano e meio a ser concluída.

A intervenção permitirá implementar quatro blocos distintos, mas interligados. Ao longo do dia revelaremos ao pormenor o que vai mudar no quarteirão.

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?