Almada apresenta projecto de valorização do património da zona histórica da cidade

A sistematização do conhecimento adquirido e caracterização da evolução do urbanismo e da estrutura social do núcleo histórico são os principais objectivos do projecto “Almada Velha, valorização patrimonial do núcleo urbano”, que é apresentado hoje.

O projecto, a concretizar entre 2021 e 2023, prevê o estudo de contextos arqueológicos, inventário e valorização das suas coleções, no âmbito de um protocolo estabelecido entre a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova e a Câmara Municipal de Almada, no distrito de Setúbal.

Está igualmente prevista a caracterização da estrutura social e económica da zona histórica e das suas vivências quotidianas ao longo dos séculos, bem como a criação de uma carta de sensibilidade patrimonial do centro histórico e o desenvolvimento de estratégias de interação entre a comunidade e o património arqueológico e construído.

O projecto “Almada Velha, valorização patrimonial do núcleo urbano” integra uma equipa de investigadores da Câmara Municipal de Almada, do Centro de Investigação da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova, Centro de Humanidades (CHAM) e do Centro de Investigação em Antropologia e Saúde (CIAS).

A apresentação do projecto está prevista para as 18:00 de sexta-feira, na Casa da Cerca, em Almada.

LUSA/DI

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Margres Architecture Award

Saber mais »

Prémios de Arquitetura BigMat’21

Mais informações »