Álvaro Siza Vieira recebe Honoris Causa pela Universidade Técnica de Lisboa

Categorias: Arquitetura

O arquitecto Álvaro Siza Vieira vai receber na quinta-feira o grau de doutor Honoris Causa pela Universidade Técnica de Lisboa (UTL) pelo “contributo para o prestígio e dignificação da cultura portuguesa”.

 

De acordo com uma nota divulgada pela universidade, a cerimónia vai ser realizada às 15:00 de quinta-feira no auditório da Faculdade de Arquitectura, no Pólo Universitário da Ajuda.

 

A UTL sublinha ainda que decidiu distinguir Álvaro Siza Vieira com o título honorífico também em reconhecimento pelo “percurso de cidadão, projecção nacional e internacional da obra arquitectónica”.

 

Álvaro Siza, que recebeu o Prémio Pritzker em 1992, o maior galardão mundial para a área, “é uma das referências mais marcantes da arquitectura e da cultura contemporâneas”, sublinha ainda a universidade.

 

Há cerca de um ano, o arquitecto – nascido em Matosinhos, em 1933 – recebeu o título de Membro Honorário da Ordem dos Arquitectos (OA) durante uma homenagem que decorreu em Lisboa no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Arquitectura.

 

Álvaro Siza Vieira recebeu também no ano passado a Medalha de Mérito Cultural do Ministério da Cultura em reconhecimento da sua obra arquitectónica e actividade como cidadão, e foi homenageado no Reino Unido pela contribuição para a arquitectura internacional com a Medalha de Ouro Real.

 

Esta distinção atribuída pelo Instituto Real dos Arquitectos Britânicos em nome da rainha Isabel II é atribuída anualmente desde 1848, e distinguiu arquitectos de renome mundial como Le Corbusier (1953), Frank Gehry (2000) e Jean Nouvel (2001).

 

Álvaro Siza Vieira estudou na Escola Superior de Belas Artes do Porto, tendo sido influenciado numa primeira fase do seu trabalho pelos arquitectos Adolf Loos e Frank Lloyd Wright.

 

O Museu de Serralves, a Casa de Chá, as Piscinas de marés, a igreja de Marco de Canavezes, todos no distrito do Porto, o Pavilhão de Portugal da Expo 98, em Lisboa, e, mais recentemente, o museu para a Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, no Brasil, são alguns dos projectos marcantes da carreira do arquitecto.

 

 

Imagens:

Siza ©Direitos Reservados

Centro Meteorológico da Aldeia Olímpica de Barcelona (1992),

Centro Galego de Arte Contemporânea em Santiago de Compostela (1993)

Reitoria da Universidade de Alicante (1997)

Fundação Serralves (1999)

 

 

 

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?