Arquitecto Humberto Pereira Vence Concurso Europan 14 com o Projecto "Seed Structure – The Production of happiness" em Tubize, Bélgica

Categorias: Arquitetura

O arquitecto Humberto Pereira venceu o Concurso Europan com o projecto “ Seed structure: The Production of Happiness”, em Tubize,Bélgica. Para a cidade de Tubize foram entregues 12 propostas.

O arquitecto Humberto Pereira que tem um gabinete de arquitectura em Freamunde, designado Omatelier, destacou que O Europan é uma “competição bi-anual de projectos urbanos para arquitectos com menos de 40 anos que oferece a jovens arquitectos a possibilidade de conseguir um trabalho em escala urbana, sendo que as propostas vencedoras podem chegar a ser executadas em parceria com as organizações europeias e os municípios locais”.

O Europan é organizado como uma iniciativa conjunta entre 13 organizações europeias que englobaram países como a Alemanha, Áustria, Bélgica, Croácia, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Itália, Noruega, Polonia, Suécia e Suíça.

O tema geral, deste ano, foi “Productives Cities”, as cidades produtivas e dos 13 países em concurso, estiveram envolvidas 40 cidades europeias.

Humberto Pereira revelou que foi colocado a todos os participantes o desafio de resolverem, com um programa livre, um lote de terreno situado numa antiga zona industrial que se encontra actualmente numa das entradas principais da cidade de Tubize, na Bélgica.

“O projecto que apresentei para o concurso tem como ideia central a felicidade e o tema geral “as cidades produtivas”. Parti do principio que para podermos ter uma cidade produtiva, temos de, numa primeira fase, ter seres humanos felizes e para isso acontecer temos de criar estruturas que possam produzir essa felicidade. Desta forma propus a criação de uma construção central chamada de “Seed of happiness” – Semente da Felicidade. Esta, irá ser directamente um ponto gerador de outros núcleos chamados de Núcleos de Produção que irão dinamizar e criar novas sinergias na cidade. Espero que num futuro próximo, esta «Semente» possa vir a ser «Plantada» noutros locais dando origem a cidades/sítios felizes”, disse.

Referindo-se ao seu projecto que venceu este concurso internacional, o jovem de arquitecto garantiu que “a cidade está intimamente ligada ao ser humano porque sem este a cidade não sobrevive, aliás nem chega a existir.

“Penso que a arquitetura tem de pensar a cidade não só do ponto de vista material (como um conjunto de edifícios, ruas, etc..) mas como algo muito mais profundo e importante, o aspeto imaterial e como é que através da criação de espacialidades podemos melhorar a qualidade de vida do ser humano. Torná-lo feliz”, acrescentou.

Fonte: http://verdadeiroolhar.pt/

Sobre o Projeto:

A cidade é um organismo que está intimamente ligada ao ser humano.
Partindo deste principio percebemos que para ter uma cidade produtiva temos de ter seres humanos produtivos e para estes serem produtivos precisamos de ir à nossa essência: A  FELICIDADE

A Felicidade está na base do nosso bem-estar, no entanto esta é, em muitos casos, menosprezada em detrimento de bens materiais, ambição pelo poder, ganância, egocentrismo, entre outros.
É necessário incutir às novas gerações, que a nossa essência é a felicidade e que têm que, acima de tudo, ser felizes e produzir felicidade.

Em resposta a esta afirmação e à questão colocada pelo Europan 14 (como reintroduzir a produtividade nos novos bairros urbanos?), propõe-se a criação de uma construção chamada de «semente da felicidade». Esta estrutura implantada em Tubize no sitio do projeto Europan 14, pretende criar um «organismo» dedicado ao desenvolvimento do bem-estar no ser humano contendo um programa que incindirá sobre 3 temas essenciais: LUZ, PAZ e AMOR. No interior deste organismo pretende-se igualmente desenvolver uma sala onde poderão ser apresentadas e discutidas ideias que visam o desenvolvimento da região. 

Este organismo, a «semente da felicidade », pretende por sua vez ser um ponto gerador de outros núcleos chamados de « núcleos de produção ». Os núcleos de produção serão estruturas que irão conter um programa misto onde se incluem as funções de produção, aprendizagem/criatividade e venda. Pretende-se com a junção destas três atividades, otimizar, dinamizar e criar interatividade no ciclo produtivo.

No caso particular de Tubize é proposto que o primeiro núcleo de produção esteja associado à agricultura, sendo este um setor que tem vindo a diminuir na província de Brabant Wallon.

Propõe-se que este núcleo se instale nos atuais edifícios « SARSI », transferindo a industria existente nestes edifícios para a antiga zona industrial de SOCOL.

Este edifício será adaptado às exigências e irá conter ; (1) o mercado de Clabecq direcionado sobretudo para a venda de produtos agrícolas e existência de zonas de restauração, (2) uma escola agrícola, que irá incentivar os jovens a seguir pela vertente agrícola, e (3) uma fábrica de tratamento e de embalamento de frutas.

A ideia aqui apresentada propõe a reformulação destes terrains vagues, antigas zonas industriais criando novas sinergias tendo como base a produção da FELICIDADE. Acredita-se que num futuro próximo, esta «semente» possa vir a ser «plantada» noutros locais dando origem a cidades felizes.

LINKS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

3DHR Multimédia

Desenvolvemos projetos em 3D para arquitetura e design interiores

Archicad 24

Clique aqui para saber mais.