Arquiteto Paulo Mendes da Rocha recebeu medalha de Mérito Cultural na presença de António Costa

Categorias: Arquitetura

O arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha, responsável pelo projeto do Museu Nacional dos Coches, recebeu ontem a medalha de Mérito Cultural e o agradecimento do ministro da Cultura, Castro Mendes, pelo "legado estético" que deixou em Lisboa.

A cerimónia decorreu no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, e contou com a presença, "como cidadão e como admirador da arquitetura", do primeiro-ministro.

António Costa recordou que, enquanto presidente da Câmara de Lisboa, teve o gosto de conhecer este plano na "fase em que o projeto não existia", tendo mesmo sido ele a carimbá-lo.

"Queria felicitar o ministro [da Cultura] por ter assinalado o Dia Nacional dos Museus de uma forma especial: homenagear um criador vivo, que cria museu, que cria obra pública que todos temos o privilégio de poder usufruir", sublinhou o primeiro-ministro.

O ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, quis agradecer ao arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha "o legado estético que deixa a marcar a nossa cidade de Lisboa".

"Estamos aqui essencialmente para dizer obrigado. Deixou uma marca durável e um sinal artístico na cidade de Lisboa que é também um testemunho da amizade entre Portugal e o Brasil", enfatizou.

O ministro da tutela sublinhou que com a inauguração da museografia do Museu dos Coches na sexta-feira, haverá ainda "oportunidade de anunciar o completar do seu projeto através da ponte pedonal" para ligar à zona do rio.

António Costa considerou que "hoje é difícil estabelecer a paternidade da ideia original", confidenciando que na sua versão a ideia originária é de Santana Lopes, então como presidente da Câmara de Lisboa, e de Carmona Rodrigues, então como ministro das Obras Públicas, e que foi concluída no mandato de Pedro Passos Coelho.

"Estou convencido que sou português, estou convencido que Portugal é o Brasil e estou convencido que existe uma nação muito extraordinária que é aquela afinal onde se fala língua portuguesa. Somos todos filhos de uma mesma mãe: a nossa querida língua portuguesa", disse Paulo Mendes da Rocha no discurso de agradecimento.

Fonte: DN

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Registe a sua Empresa

Crie a sua conta gratuitamente e promova os produtos da sua empresa.

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?