Carvalho Araújo projeta o novo quartel dos Bombeiros Voluntários de Braga

Categorias: Arquitetura

O arquitecto Carvalho Araújo​ apresentou o projecto do novo quartel dos Bombeiros Voluntários de Braga​, no âmbito da comemoração dos 144 anos da Associação Humanitária e Beneficiente dos Bombeiros Voluntários de Braga.

Localizada na freguesia de Arcos S. Paio, a nova infraestrutura, há muito desejada, visa retirar a associação do atual quartel por não existirem as condições necessárias para uma corporação de bombeiros, como é o caso das camaratas mistas.

A apresentação esteve a cargo de Carvalho Araújo, arquiteto responsável pelo projeto, e existe, para já, a possibilidade de a obra ficar concluída dentro de um ano, nos princípios de 2022.

António Ferreira, presidente da associação, aproveitou para prestar homenagem aos sócios e a todos os dirigentes que passaram pela associação no último século e meio, classificando essa tarefa como “árdua”, deixando ainda uma palavra a todos os bombeiros que deram vida à corporação, muitas vezes com o custo “da própria vida”.

“E é exatamente pela enorme gratidão e profundo respeito que nos merecem os sócios, dirigentes e tantos bombeiros que nos antecederam e já partiram, que peço que se levantem e em sua memória respeitemos um minuto de silêncio”, apelou o ‘capitão’, enquanto a sirene do atual quartel ecoava no centro da cidade.

Mas o grande anúncio era mesmo a construção do quartel, e o presidente da associação rapidamente deu conta disso: “Recebemos notícias da secretaria de Estado do Ambiente dizendo que o processo que permite a construção do novo quartel vai ficar deferido nestes dias. Assim pode estar mais perto a concretização de um sonho sonhado por tantos que nos antecederam”.

“Nem sei como explicar o que nos vai na alma”, vincou.

Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga, sublinhou que o novo quartel é, mais do que uma ambição, uma “necessidade premente para dotar todos os que servem os Bombeiros Voluntários de Braga de muito melhores condições para executarem as suas funções”.

“Desde o primeiro momento que o Município se disponibilizou a dar todo o apoio possível a este projeto. Para lá da doação do terreno, já consumada em executivos anteriores, do apoio financeiro de 100 mil euros e da isenção de todas as taxas municipais, acompanhamos com proximidade as diligências necessárias para tornar o projecto viável, desde a aprovação das entidades competentes à qualificação dos solos”, afirmou, assegurando que a tramitação urbanística do processo que agora se segue nos serviços municipais terá via verde devido à importância do novo quartel para toda a comunidade.

O edil deixou ainda uma palavra de reconhecimento pela forma como a instituição tem contribuído para a segurança dos bracarenses durante tantas gerações, tendo inclusivamente esse contributo sido já reconhecido com a atribuição da medalha de honra da cidade à instituição.

“Parabéns pelos 144 anos de serviço e enorme dedicação à comunidade. Os BVB são um aliado fundamental do município, dentro das suas responsabilidades na área da proteção civil, e estamos sempre disponíveis para renovar e fortalecer os laços que nos unem”, referiu.

Pedro Ribeiro, comandante da corporação, aproveitou para divulgar dados da operacionalidade dos BVB, salientando o esforço feito pelos operacionais, sobretudo durante o período de pandemia.

 

© O MINHO

Fotos: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Free live webinar

V-Ray for Rhino

Webinars Leca®

Inscreva-se!