Casa da Arquitectura celebra 5º aniversário com atividades grátis

Categorias: Arquitetura

A Casa da Arquitetura, em Matosinhos, celebra o 5º aniversário a partir de sábado e, durante nove dias, oferece mais de 40 atividades grátis, entre exposições, atividades para famílias, performances artísticas e lançamentos de livros, anunciou a instituição.

“Este aniversário, que é o 5.º, marca talvez o início de uma nova época […] de atividade da Casa, onde dois [anos] foram com covid-19, que condicionou toda a atividade cultural do país, e que agora arranca ainda com mais fulgor. Tivemos o lançamento do edifício digital, que permitiu que a Casa da Arquitetura se recolocasse de forma diferente no mundo, cumprindo a sua missão de mostrar e permitir o acesso a tudo quanto faz e tudo quanto guarda dentro do arquivo da Casa”, declarou o diretor executivo, Nuno Sampaio, na conferência de imprensa para apresentar a programação dos festejos do 5.º aniversário.

A Casa da Arquitectura celebra cinco anos desde que ocupou as instalações no Quarteirão da Real Vinícola em Matosinhos, assumindo a sua vocação de Centro Português de Arquitectura e celebra os cinco anos com uma semana de programação cultural gratuita e para todos os públicos.

“Preparámos um programa à altura do curto, mas intenso, caminho já percorrido como instituição com uma programação que vai decorrer, não durante um fim de semana, como fizemos até hoje, mas ao longo de uma semana inteira, de 19 a 27 de novembro. São mais de 40 atividades totalmente gratuitas para todos os públicos”, lê-se no dossiê de imprensa entregue aos jornalistas.

Um dos destaques da programação recaiu sobre a inauguração, no dia 19, da exposição “Matosinhos Não Construído”, que revela vários projetos de arquitetura pensados para Matosinhos e que “não viram a luz do dia”.

A Casa do Artista (2008-2009), do arquiteto Manuel Correia Fernandes, e o projeto de Eduardo Souto Moura para dois conjuntos habitacionais em Matosinhos e Senhora da Hora (1994-1995), composto para 128 fogos em forma de seis bandas contínuas de casas pátio, são dois dos projetos que integram a mostra.

A par da exposição “Matosinhos Não Construído”, está programada, para as 21:30 de sábado, uma conferência do arquiteto espanhol Rafael Moneo, galardoado com o Prémio Pritzker em 1996 e que vai receber o título de associado honorário da Casa da Arquitetura.

No domingo, pelas 18:00, a Casa da Arquitetura vai inaugurar o Espaço Luís Ferreira Alves, fotógrafo pioneiro de arquitetura que doou o seu acervo à Casa da Arquitectura em novembro de 2021.

No domingo também está programada, às 16:30, uma cerimónia de doação dos acervos de Fernanda Seixas e Manuel Correia Fernandes, e cuja sessão será encerrada pelo ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva.

Outro destaque da programação é a maratona “Flashback Carrilho da Graça” que acontece dia 26 de novembro, pelas 15:00, onde durante 150 minutos, arquitetos, arquitetos paisagistas, engenheiros, ‘designers’, historiadores, críticos e curadores, que estabeleceram relação de proximidade com João Luís Carrilho da Graça, sobem a palco e durante três minutos vão falar de um acontecimento ou uma reflexão inédita.

Uma performance de hip-hop, um seminário sobre sustentabilidade do património e das cidades, o lançamento do livro “40 dias”, de Andreia Garcia, visitas orientadas, oficinas para crianças e famílias com diferentes perfis e temas, ou a estreia do espetáculo de dança contemporânea “Serpente” são algumas das dezenas de atividades culturais previstas.

Consulte o programa completo > AQUI

LINKS
VÍDEOS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Registe a sua Empresa

Crie a sua conta gratuitamente e promova os produtos da sua empresa.