Casa da Arquitetura assinala 1.º aniversário com 30 eventos gratuitos

Categorias: Arquitetura

A Casa da Arquitetura, em Matosinhos, celebra esta semana um ano nas suas novas instalações com cerca de 30 atividades gratuitas para "todos os gostos e idades", entre conferências, conversas, concertos e visitas.

A partir de sexta-feira e até domingo, os visitantes poderão ainda assistir a diversas performances artísticas no espaço exterior da Casa da Arquitetura – Centro Português Arquitetura, instalada no Quarteirão da Real Vinícola, adiantou hoje esta entidade, em comunicado.

Neste primeiro ano, a casa recebeu mais de 50 mil pessoas, acrescentou.

Em 2017, a Casa da Arquitetura passou a ocupar parte do Quarteirão da Real Vinícola, conjunto recuperado pela Câmara Municipal de Matosinhos com projeto do arquiteto Guilherme Machado Vaz, com uma área de cerca de 5 mil metros quadrados e um investimento que rondou os 10 milhões de euros.

Para celebrar este primeiro aniversário, a Casa da Arquitetura tem cerca de 30 eventos gratuitos, destacando-se no primeiro dia a apresentação da Cenografia de Oscar Niemeyer para Orfeu da Conceição, por Fernando Serapião, e a Aula Show Arquitetura Moderna e Música Popular Brasileira, que junta José Miguel Wisnik e Guilherme Wisnik.

Ainda no campo da música, no sábado acontece o "Concerto Vinicius & Tom: Palavra e Música", por Paula Morelenbaum, José Miguerl Wisnik e Gabriel Impropa, bem como o debate "Leituras Cruzadas Brasil-Portugal", que coloca frente a frente Maria Elisa Costa, filha do arquiteto brasileiro Lúcio Costa, e Ana Vaz Milheiro, professora e crítica de arquitetura, para uma conversa de referências transatlânticas.

Também na sexta-feira, o arquiteto Souto de Moura apresenta o arquiteto Pedro Ramalho, cujo acervo — constituído por 12 maquetes e milhares de documentos – vai ser doado à Casa da Arquitetura.

No domingo, último dia das comemorações, a conversa "Arquitetura no Palco" junta à volta da mesa representantes de algumas instituições culturais do mundo para debater o papel que podem assumir na missão de levar mais longe e a novos públicos a arquitetura.

Este encontro reúne Barry Bergdoll (MoMA), Delfim Sardo (Culturgest), Pipo Ciorra (MAXXI), Olivia Horsfall Turner (Victoria and Albert Museum) e Nuno Sampaio (CA).

Durante os três dias, no exterior do quarteirão haverá um espetáculo deambulatório multidisciplinar Transportadores, da Companhia Radar 360º, uma performance de dança Corpos em Vão, de Mafalda Deville para a Companhia Instável, e a performance sonora e visual Perhaps only as memory, de Frederico Dinis.

O Serviço Educativo preparou igualmente diversas atividades, entre visitas orientadas e programas para crianças e famílias, em diferentes espaços da Real Vinícola.

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

MOON

A única placa de comando em cerâmica.

BMI Portugal

Garantimos soluções eficientes para coberturas