Catarina Medroa, alumnus da FA.ULisboa viu o seu trabalho de conclusão de curso seleccionado pelo Archdaily

Categorias: Arquitetura

Catarina Medroa alumnus da Faculdade de Arquitetura viu o seu trabalho de final de mestrado intitulado “Alepo 2060 – Uma estação ferroviária no contexto da Nova Rota da Seda e orientado pelos Professores José Afonso e Jorge Nunes, ser selecionado pela plataforma Archdaily.

O trabalho foi submetido na referida plataforma em contexto de chamada de trabalhos aberta para “Os melhores trabalhos de conclusão de curso em 2020”.

Nesta edição foram submetidos um total de 427 propostas do Brasil, Portugal e Moçambique. (apenas 1,7% dos trabalhos submetidos são de finalistas Portugueses). Passaram à fase de seleção apenas 40 trabalhos, 2 de Portugal.

Parabéns à Catarina Medroa, a alumnus da FA.ULisboa selecionada, e aos Professores José Afonso e Jorge Nunes.

 

Alepo 2060 – Uma estação ferroviária no contexto da Nova Rota da Seda

Através de um olhar sobre Alepo, pretendeu-se com este projeto aplicar o desenho projetual a uma visão de paz para 2060, assumindo o período pós-guerra como otimista e próspero.

Paralelamente à reconstrução da urbe afetada pela Guerra Civil Síria, surgiu uma proposta ambiciosa: a inclusão da Síria na Nova Rota da Seda, dominada pela ferrovia de alta velocidade.

A Gare de Alepo foi a resposta arquitetónica encontrada para o projeto infraestrutural acima referido, que voltará a unir a China às portas da Europa.

A sua identidade expressa-se com a reconciliação entre o imaginário islâmico local e o desenvolvimento ferroviário do território Euroasiático: o espaço de embarque e respetivas áreas de repouso e comércio desenvolvem-se ao longo de longas arcadas modulares, que culminam num “telhado comum” que se revela atrevés de um padrão geométrico marcado pela cor e controlo da entrada de luz no interior.

Aliando a tecnologia e a adaptação das técnicas construtivas locais, a energia necessária para o funcionamento da estação é gerada de modo autossuficiente. Os painéis solares rebatíveis realizam a ventilação constante do espaço que, auxiliada pela integração de tijolos de adobe na cobertura, permite com que este se mantenha fresco durante os meses quentes de verão.

LINKS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE