Centro de Artes Contemporâneas dos Açores é finalista no prémio RIBA International Prize 2016

Categorias: Arquitetura

O Centro de Arte Contemporânea Arquipélago, localizado na Ribeira Grande, Açores, projectado pela Menos é Mais Arquitectos e João Mendes Ribeiro, está entre a “short-list” dos 30 melhores edifícios o prémio RIBA International Prize 2016.

 

O Instituto Real de Arquitectos Britânicos (Royal Institute of British Architects – RIBA) anunciou hoje a lista dos 30 projectos candidatos ao “RIBA International Prize”, prémio internacional que passa a ser concedido anualmente por aquela instituição ao “mais significativo e inspiracional edifício do ano”.

 

Foram muitos os candidatos, representando 50 nacionalidades, mas 30 apenas os escolhidos. No entanto, a diversidade é grande, os 30 candidatos ao prémio representam 20 países e os edifícios candidatos são de todos os géneros, desde educacionais, a edifícios culturais, comerciais e residenciais.

 

Fundado em 1834, o RIBA é uma das mais prestigiadas organizações da classe em todo mundo. O júri do prémio é presidido pelo Arq. Sir Richard Rogers, galardoado este ano com o Prémio JC Nichols 2015, anualmente atribuído pelo ULI (Urban Land Institute).

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?