Dois ateliers portugueses na Bienal Internacional de Arquitectura de São Paulo

Categorias: Arquitetura

Os projectos de arquitectura de requalificação do Estaleiro do Ouro, Porto, e de remodelação e ampliação do Hospital Sousa Martins, Guarda, vão representar Portugal na 9.ª Bienal Internacional de Arquitectura de São Paulo, Brasil, a partir de 2 de Novembro.

 

Entre 251 projectos inscritos, o Comité Internacional de Selecção para a Exposição Geral de Projectos da 9.ª Bienal escolheu 140, entre os quais estes dois da autoria de arquitectos portugueses, de acordo com a página do evento, que decorrerá até Dezembro no edifício da Oca, no parque de Ibirapuera, da autoria do famoso arquitecto Óscar Niemeyer.

 

O projecto de requalificação do Estaleiro do Ouro é da autoria da dupla de arquitectos Tiago Vidal/Isabel Carvalho, os dois com 36 anos, que, em 2007, decidiram participar num concurso de ideias e saíram vencedores, com o desenho de criar “um órgão de marés” naquela zona ribeirinha do Porto.

 

Em declarações à Lusa, Isabel Carvalho afirmou que o facto do projecto ter sido seleccionado nesta Bienal Internacional demonstra que “o trabalho, que já dura há quatro anos, foi reconhecido”.

 

O projecto “evoluiu” desde que venceu o concurso de ideias e actualmente encontra-se “em fase de estudo prévio”.

 

Estaleiro do Ouro

 

Também o projecto de remodelação/ampliação do Hospital da Guarda, da autoria dos arquitectos Ilídio e Sara Pelicano (pai e filha, com 66 e 36 anos, respectivamente) venceu um concurso de concepção, em 2008, e a obra já se encontra “em fase final de acabamentos”.

 

Remodelação/ampliação do Hospital da Guarda

 

 

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE