Fado Colectivo vence prémio ibérico de design urbano com o sistema de iluminação verso

Categorias: Arquitetura

Âmbito:
Concepção de linha de luminárias, nas versões de colunas e balizadores, para iluminação de espaços públicos.

Data:
2008

Equipa:
Projecto /// Bruno André, Francisco Ré, Ricardo Guedes, Hugo Paiva. FADO COLECTIVO
Produção e Comercialização /// Soneres

 

/// Notas de Projecto:

CONCEITO /// O projecto VERSO é o resultado de um gesto criativo que pretende aliar funcionalidade a uma distinta imagem contemporânea. A essência do projecto reflecte uma abordagem conceptual que entende o design como meio de interacção entre o criador e o utilizador, marcando uma posição reactiva perante o anonimato urbano do contexto contemporâneo. O resultado são objectos que provocam reacções, emoções e sensações no observador, peças provocadoras que exploram os limites sensitivos da utilização. Pretende-se a fuga à monotonia, desafiando as formas a seguir o instinto, sem perder a racionalidade do design.

 

Os objectos seduzem pela surpresa visual que provocam, desafiando a uma observação pluri-dimensional, explorando a quarta dimensão, criando uma multiplicidade de ângulos e diferentes perspectivas. As peças desta série influenciam-se numa temática orgânica, sintetizada pela força dinâmica das linhas rectas. O conceito traduz-se numa experiência de utilização que pretende provocar surpresa e reflexão, atribuindo ao design uma personalidade individual.

 

A concepção desta série permite uma vocação diversa, adaptável em termos de contexto de inserção, servindo propósitos urbanos, públicos ou privados.

 

Através de um perfil de secção triangular consegue-se um sistema modular que permite a diversidade formal da estrutura, desdobrando-se as suas possíveis aplicações.

 

Elemento caracterizador é também a possibilidade de mutabilidade da forma/dimensão, permitindo ambientes e soluções distintas, diversificando as possibilidades visuais e de uso.

 

TECNOLOGIA /// O desafio tridimensional de concretização da forma dinâmica da peça, foi conseguido através de um intenso estudo de modelação tridimensional, trabalhando os ângulos de quebra e ligações, desmaterializando a continuidade objectiva da secção elementar triangular, procurando a diversificação da percepção.

 

FABRICAÇÃO MANUAL /// A complexidade da peça leva a que o processo de fabrico seja totalmente inovador, aliando as tecnologias de topo com a fabricação manual de artesãos, já que não se utilizam ferramentas standard ou materiais existentes no mercado. O perfil triangular é construído de raiz por quinagem de uma única chapa de aço, soldada e polida manualmente.

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE