Filipe Magalhães vence concurso para o conjunto habitacional rua Conde de Nova Goa em Lisboa

Categorias: Arquitetura
O júri considerou que, dos 11 trabalhos apresentados no concurso para o conjunto habitacional rua Conde de Nova Goa em Lisboa, e conforme o Relatório Final de Júri, a proposta vencedora, da autoria de Filipe Magalhães, caracteriza-se por “uma elevada valorização da sua integração no contexto urbano” cuja implantação promove “um acesso franco e acessível à praça central do loteamento” privilegiando “a segurança e a continuidade na ligação urbana através de percursos de uso público”.
O Júri considerou que a proposta revela uma “elevada clareza e consistência formal (…) ajustada aos conteúdos programáticos”, destacando-se o desenho das plantas dos pisos de habitação, e notório “o cuidado com a permeabilidade visual do piso térreo”.
O trabalho da autoria de Ana Luísa Afonso Ferreira Soares, classificada em 2º lugar, evidencia-se pela “correta integração entre a nova praça central e a rua Conde de Nova Goa” e por apresentar uma proposta de plantas dos pisos de habitação muito interessante “com uma boa intenção de criar diagonais (….) e esticar as perspetivas interiores”.
Na proposta classificada em 3º lugar, da autoria de Elói da Silva Gonçalves, o Júri destaca “a implantação definida para os lotes 2 e 3, acima do solo, que afastando os edifícios, promove um acesso franco e acessível à praça central do loteamento”. O Júri deu também nota sobre a “particular atenção às questões de durabilidade na utilização dos materiais e sistemas construtivos, com aplicação de uma estrutura e fachada modular”.
O Júri deliberou, ainda, atribuir uma menção honrosa ao trabalho do concorrente Pixelmetric, Lda, classificado em 4º lugar, pela aposta na pré-fabricação total. A nível tipológico “destaca-se a versatilidade e flexibilidade que os painéis de correr conferem aos compartimentos das habitações”.
Os 11 trabalhos apresentados no âmbito do concurso público de conceção para a elaboração do projeto do conjunto habitacional rua Conde de Nova Goa, Lisboa, promovido pela Lisboa Ocidental, SRU – Sociedade de Reabilitação Urbana E. M., S. A., com assessoria técnica da Secção Regional de Lisboa e Vale do Tejo da Ordem dos Arquitetos, foram apreciados pelo Júri resultando na seguinte ordenação:
1º classificado
Concorrente: Filipe André Touças Magalhães
Coordenação: Filipe André Touças Magalhães
2º classificado
Concorrente: Ana Luísa Afonso Ferreira Soares
Coordenação: Ana Luísa Afonso Ferreira Soares
3º classificado
Concorrente: Elói da Silva Gonçalves
Coordenação: Elói da Silva Gonçalves
4º classificado – Menção honrosa
Concorrente: Pixelmetric, Lda.
Coordenação: António Jorge de Moura Leitão Cerejeira Fontes
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE