Francisco Ornelas, João Brogueira, Bernardo Prisco, Ana Beatriz Ruivo e Henrique Moreira entre os vencedores de concurso do YAC

Categorias: Arquitetura

Os alunos da FA.ULisboa Francisco Ornelas, João Brogueira e Bernardo Prisco juntamente com Ana Beatriz Ruivo, alumnus da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (licenciada pela FA.ULisboa) e Henrique Moreira, alumni da FA.Ulisboa, tiveram o seu projeto distinguido com uma Menção Honrosa na edição ‘Art Cathedral’ da Young Architects Competitions.

Este é o concurso mais prestigiado a nível mundial para estudantes e jovens arquitetos. Nesta edição do concurso entre os principais nomes do juri estiveram Manuel Aires Mateus, Valerie Mulvin e Cláudio Silvestrin.

Em ‘Art Cathedral’ era pedido aos participantes a reabilitação da arruinada Abadia de Kells, na Irlanda, de forma a comportar residências artísticas. A proposta requeria ateliers para artistas, respectivas estadias e zonas comuns, espaços de exposição interiores e exteriores, um auditório e um restaurante, bilheteira/informações e serviços necessários ao funcionamento do complexo para a estadia e eventos de ‘artistas reconhecidos a nível internacional’.

A equipa, com o nome de concurso PROMB Studio, propôs um aproveitamento quase total das ruínas, para os vários espaços. O desenho da proposta teve em foco a ‘reconstituição’ da ideia de claustro da antiga abadia, em torno do qual a vida dos artistas pudesse acontecer. Para isso, procurou-se encerrar o pátio com o desenho de um volume de duas águas que o contornaria, e variando a altura das coberturas ao longo do mesmo. Esta variação culmina no espaço correspondente à antiga ‘igreja’, que com o maior pé direito do complexo, seria utilizado como galeria principal de exposição. A proposta tinha também como princípio construtivo a possibilidade de reversibilidade da operação.

 

Consulte os resultados da competição > AQUI 

LINKS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Biblioteca BIM Leca ®

»