Gabriel Couto constrói Hotel Moov Oriente no Parque das Nações

Categorias: Arquitetura

Apostada cada vez mais na construção e reabilitação de empreendimentos para o sector hoteleiro e imobiliário, a construtora Gabriel Couto foi a empresa selecionada pelo grupo hoteleiro Endutex Hotéis para construção do seu mais recente Projeto em Lisboa, o futuro Hotel Moov Oriente que será o maior Hotel do Grupo em Portugal.

Está lançada a primeira pedra daquele que será o primeiro Hotel Moov da cidade de Lisboa, localizado na zona nobre do Parque das Nações. Este novo projeto representa um investimento global de 10 milhões de euros e tem inauguração prevista para 2022.

Após ter construído duas unidades hoteleiras no Porto e uma em Évora, o grupo hoteleiro Endutex Hotéis decidiu apostar na região da Grande Lisboa, tendo inaugurado recentemente o Hotel Moov Oeiras e iniciado a construção do Hotel Moov Oriente.

De registar que o Hotel Moov Oeiras, inaugurado no final do ano passado, foi também construído pela empresa Gabriel Couto, tratando-se de um Hotel com um total de 115 quartos, divididos por oito pisos, essencialmente vocacionado para o turismo de negócios e empresarial, dada se encontrar localizado numa área comercial e empresarial da Área Metropolitana de Lisboa, entre o Lagoas Park e o Taguspark. O Moov Oeiras dispõe do selo Clean & Safe do Turismo de Portugal, garante do cumprimento de todas as medidas de segurança face à pandemia do novo coronavírus.

Quanto ao futuro Hotel Moov Oriente, este pretende ser uma solução de alojamento prática, cómoda e económica para quem viaja em trabalho, mas também em lazer. Será a 5ª unidade hoteleira do grupo Endutex em Portugal e terá 180 quartos.

Segundo André Ferreira, Administrador do grupo hoteleiro Endutex Hotéis, esta é uma aposta estratégica, «já que a zona é conhecida pelo elevado fluxo de passageiros que chegam do aeroporto, da estação ferroviária e rodoviária. Aliás, a procura continua maior do que a oferta. Por outro lado, sentimos que há poucas soluções a preço justo, pelo que queremos preencher essa lacuna».

O Projeto do futuro Hotel Moov Oriente tem a responsabilidade arquitetónica do Atelier FA – Ferreira de Almeida Arquitetos, e a fiscalização desta empreitada estará a cargo da Enescoord – Coordenação e Gestão de Projetos e Obras.

Reconhecendo o momento de grandes desafios para o setor hoteleiro e imobiliário, apesar da pandemia, o Grupo Endutex, produtor mundial de têxteis técnicos, reitera a confiança no futuro e segue a sua estratégia de crescimento e investimento nestas áreas. André Ferreira, adianta que o Grupo tem em carteira vários projetos para este segmento de turismo empresarial, não apenas com a abertura de novos hotéis, mas sobretudo na introdução de novos conceitos de alojamento, que serão anunciados em breve. “Os nossos clientes estão diferentes, pelo que é muito importante repensar estratégias, melhorar conceitos e preparar o futuro da hospitalidade”, refere o mesmo.

Para Daniel Costa, diretor comercial da Gabriel Couto, “a adjudicação deste novo é um sinal inequívoco da confiança por parte do Grupo Endutex na capacidade, experiência e qualidade do trabalho desenvolvido pela Gabriel Couto nos seus Projetos, desde a fase comercial e de orçamentação, até à conclusão das respetivas empreitadas. O sucesso dos nossos clientes é o nosso sucesso.

Com méritos reconhecidos no setor da construção, tanto a nível nacional como internacional, para a Gabriel Couto a adjudicação deste desafiante projeto surge no seguimento de uma aposta muito forte do grupo no sector privado nestes últimos anos.

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Webinars Leca®

Inscreva-se!

Prémios de Arquitetura BigMat’21

Mais informações »