HALO da NOARQ vence Concurso Internacional

Categorias: Arquitetura

O projeto HALO da autoria dos ateliers  NOARQ + Arenas y Asociados + AM2 , foi vencedor do concurso internacional … PARA LA CONECIÓN PEONIL ENTRE AS RÚAS SERAFÍN AVEDAÑO E VÍA NORTE DE VIGO, distinguido por unanimidade, no passado dia 23 de fevereiro, entre as propostas apresentadas.

Trata-se de um edifício constituído por elevador panorâmico urbano e duas passerelles de ligação à cobertura do novo edifício da estação rodoviária, onde se constituirá um parque urbano.

A proposta vencedora ganha especial relevância, para além da resolução de um problema de mobilidade urbana, entre as cotas altas e baixas da cidade, porque faz o arranque das suas ligações pedonais na cobertura de um edifício que é desenhado pelo arquiteto Thom Mayne – Morphosis (Prémio Pritzker da arquitetura) o que por si só já se constituirá como um landmark da cidade de Vigo.

“Uma vez que somos parte do consórcio vencedor (Arenas y Asociados + NOARQ + AM2), julgamos que se tratando de um concurso com visibilidade internacional, poderá haver interesse informativo para os vossos conteúdos que se relacionam com cultura, ou mais especificamente com a arquitectura.

Tratou-se de um concurso internacional para a realização de um projeto de um elevador urbano para ligar a parte baixa à parte alta da cidade de Vigo. São programas extraordinários, improváveis nas cidades, acontecem pontualmente, fruto da visão de lideranças políticas extraordinárias.

Os elevadores públicos, pertencem ao restrito conjunto de objetos transformadores da paisagem urbana. Além do avanço civilizacional que representam para o dia a dia das populações, funcionam como landmarks. Quem se recorda de Lisboa sem de imediato vir à memória o elevador de Santa Justa? Que imagem retemos de Salvador da Bahia senão o cartão postal do elevador Lacerda? Ou o elevador da cidade de Oregon dos anos 50 (EUA)? Ou mais recentemente o elevador do mercado de Coimbra ou o tímido elevador da Ribeira do porto.

São objetos que fogem dos temas mais vulgares da arquitetura, porque antes de o serem, são construção, estrutura, engenharia em grande medida. Talvez por este motivo, após entregarmos a nossa proposta, verificamos que não houve a multidão habitual de concorrentes, o que aumentou em nós a probabilidade de vencer e em consequência a expectativa. Felizmente aconteceu!

Gosto muito de concursos públicos, mas gosto menos de participar – é uma sensação incómoda submeter-nos ao escrutínio de desconhecidos, onde por vezes uma imagem vale por mil palavras. Não obstante a bondade dos princípios que sustentam os concursos públicos, a realidade por vezes é menos edificante e por vezes, pior ainda, perversa. Ainda assim participamos, continuamos a sonhar, talvez uma vez por ano, em média.

Desta vez fomos nós os felizes contemplados. Aproveito para saudar toda a equipa envolvida e prestar-lhes uma homenagem. Justiça seja feita porque fomos convidados por duas empresas espanholas, uma de engenharia Arenas Associados e AM2 arquitetos, uma vez que em Espanha precisamos de estar associados a técnicos inscritos nos respetivos colégios de Arquitectos ou engenheiros, qualificação que não disponho”, salienta José Carlos Nunes de Oliveira.

 

Equipa

NOARQ | José Carlos Nunes de Oliveira

Visiting Professor no Master em Arquitectura y Diseño (MArch) da Universidad Europea de Valencia desde 2015 e na Facultad de Arquitectura y Urbanismo, Universidad de Belgrano, em 2020. É frequentemente convidado como docente visitante para conferências, workshops e exposições de arquitetura em diversas universidades e instituições, nacionais e internacionais. Integra a equipe de Álvaro Siza Vieira desde ano 2000, onde é responsável por diferentes projetos e obras, parte deles em colaboração com o Arq. Eduardo Souto Moura.

José Carlos Nunes de Oliveira licencia-se em 1998 na ESAP, sob orientação do Arq. Nuno Mateus (ARX Portugal, Lisboa). Em 1996 constrói o primeiro projeto, uma casa, dando início a sua atividade profissional. Entre 1998 e 2000 trabalha com o Arq. Paulo Costa e colabora com o Arq. Jorge Teixeira de Sousa. Em 2001 funda oficialmente o seu escritório no Porto, NOARQ. Paralelamente à sua colaboração com o arquiteto Siza e à sua atividade, em 2003, juntamente

Em 2001 José Carlos obtém o Diploma Estudos Avançados no curso de Doutoramento na Universidade de Valladolid e interrompe a tese de doutoramento. O seu trabalho tem sido amplamente publicado em várias revistas especializadas e imprensa em Portugal e no estrangeiro. Atualmente, dedicado à atividade de autor, concentra a sua pesquisa no desenho da paisagem, da arquitetura e dos objetos quotidianos.

 

AM2 | Alexandre Mourinho

AM2 Arquitectos es un estudio afincado en Vigo especializado en movilidad y sostenibilidad urbana. Fundado en 2017 por su director el arquitecto vigués Alexandre Mouriño (doctorando en arquitectura por la Universidad de Valladolid) se ha especializado en urbanismo, y en sostenibilidad ambiental en ciudades compactas. En estos momentos AM2 Arquitectos asesora a varias administraciones públicas en estas materias, a la vez que desarrollan sus proyectos arquitectónicos y de diseño urbano en toda Galicia.

 

Arenas Y Asociados

Arenas & Asociados es una ingeniería especializada en estructuras singulares fundada en 1999 por Juan José Arenas, autor de estructuras como el Puente de la Barqueta en Sevilla. Algunos de sus proyectos más reconocidos son el Puente del Tercer Milenio en Zaragoza, El viaducto sobre el río Almonte en Cáceres, el puente móvil “Puerta de Europa” en el puerto de Barcelona, o las pasarelas de acceso a la estación Delicias en Zaragoza y de la Cava en Logroño. En la actualidad trabajan de forma internacional en proyectos en Perú, Uruguay, Paraguay, Dinamarca, Egipto o los países bálticos, incluyendo grandes estructuras como puentes atirantados.

 

Imagens DR

LINKS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Margres Architecture Award

Saber mais »