In Conflict lança calendário de debates da Representação Oficial Portuguesa na Biennale Architettura 2021

Categorias: Arquitetura

In Conflict, o título da curadoria portuguesa na Biennale Architettura 2021, dá a conhecer o calendário do seu ciclo debates: são nove eventos que irão acontecer entre março e setembro de 2021.

Os três primeiros debates serão em formato online, aos domingos, separados quinzenalmente. O primeiro debate, organizado e moderado por Gennaro Giacalone, João Romão e Margarida Leão, vai questionar o futuro da habitação em Lisboa, no Debating Lisbon’s Housing Strategy a acontecer já no dia 14 de março, pelas 18h30. Os oradores são a deputada e arquitecta Filipa Roseta, a arquitecta Inês Lobo, o geógrafo Luís Mendes e o vereador da Câmara Municipal de Lisboa, Ricardo Veludo.

O segundo debate, organizado e moderado por Bernardo Amaral e Carlos Machado e Moura, a acontecer no dia 28 de março pela mesma hora, pretende explorar o papel da arquitectura nas construções de emergência que actualmente operam para o abrigo de populações refugiadas. Os arquitectos Manuel Herz e Maria Neto juntam-se ao antropólogo Michel Agier no painel de debate deInstant City.

Dia 11 de abril, Lines of Violence, de Patrícia Robalo, juntará os arquitectos Aitor Varea Oro e Lígia Nunes, a programadora Ana Bigotte Vieira, a investigador Helena Barbosa Amaro, o tradutor Nuno Leão e Sandra Lang, construtora de violinos, para a análise da produção do conflito na contemporaneidade.

Os seis outros debates terão lugar em Veneza, no Palazzo Giustinian Lolin, sede do Pavilhão de Portugal, no mês de maio; na Trienal de Arquitectura de Lisboa com sede no Palácio Sinel de Cordes, em Lisboa, no mês de junho e no MIRA FORUM, durante o mês de setembro, no Porto.

O papel da arquitectura nas políticas de habitação e de construção de infraestruturas, o desenho de práticas espaciais de cuidados e as questões domésticas contemporâneas, a descolonização das cidades e a arquitectura dos campos de refugiados são alguns dos temas que estarão em cima da mesa nestes nove eventos.

A exposição patente no Palazzo Giustinian Lolin em Veneza, que inaugura a 22 de maio, completa a curadoria portuguesa na 17.a Exposição Internacional de Arquitetura – La Biennale di Venezia 2021. Aqui, In Conflict propõe revisitar uma selecção de processos da arquitectura nacional pós 25 de abril pautados por um amplo debate público e pelo envolvimento dos poderes políticos, da imprensa e da sociedade civil.

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Webinars Leca®

Inscreva-se!

Free live webinar

V-Ray for Rhino