Lançado concurso para nova sede da Liga Portugal no Porto

Categorias: Arquitetura

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional lançou o concurso que visa a construção do edifício Arena Liga Portugal, no Porto, com o valor de preço base de 17,5 milhões de euros.

O projeto para o edifício, assinado pelo gabinete de arquitetura OODA, é composto por sete andares, com áreas de escritórios, um restaurante, um auditório com capacidade para mais de 400 pessoas, um centro de formação e investigação, um museu de competições profissionais, onde estarão representadas todas as “marcas que significam o Futebol Profissional em Portugal”, uma zona de futebol HIGTECH, onde poderão ser realizados os mais variados “testes de performance aos desportivas, recorrendo a tecnologias avançadas” e ainda uma “fun zone” com capacidade para mais de mil pessoas.

O edifício terá ainda as características adequadas para a realização de sorteios, galas de fim de época ou cimeiras, promovendo e posicionando a cidade ao nível nacional e internacional.

A nova sede ficará localizada num terreno cedido pela autarquia portuense, na Rua de John Whitehead, em Ramalde. Entre as valências, está ainda pensada a harmonização com a envolvente, com ligação ao futuro Parque da Ribeira da Granja, e a criação de um parque de estacionamento subterrâneo. O projeto será ainda executado em três fases distintas, dando-se prioridade à construção do edifício sede.

O início das obras para aquele que será o primeiro Centro de Empresas de Desenvolvimento do Futebol Profissional está previsto para junho de 2021, e a sua conclusão para janeiro de 2023.

De acordo com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional, este projeto será autossustentável, uma vez que o edifício será pago através da receção de eventos nacionais e internacionais.

As candidaturas ao concurso público podem ser apresentadas até 19 de fevereiro, o prazo para a decisão da qualificação é de 60 dias a partir dessa data, e os concorrentes são obrigados a manter as respetivas propostas por 120 dias a partir da mesma data.

O prazo de execução do contrato é de 21 meses e o critério de adjudicação é a relação qualidade/preço.

Consulte o anúncio aqui.

© Construção Magazine

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?