Matos Gameiro arquitectos e Atelier Bugio vencem concurso para Igreja São José da Boavista

Categorias: Arquitetura

Matos Gameiro arquitectos e Atelier Bugio vencem concurso para aquisição de serviços para elaboração do projeto de execução para construção da Igreja do Bairro da Boavista – Centro Social e Paroquial de São José da Boavista, em Lisboa.

O júri considerou que, das 13 propostas apreciadas e conforme Relatório Preliminar, a vencedora, é de autoria de Matos Gameiro Arquitectos (Pedro Matos Gameiro) + Atelier Bugio (João Favila Menezes), que se destacou pela “notável integração da volumetria proposta no contexto urbano e na sua articulação com o espaço público envolvente, com enfoque na solução desenhada para a Praça, pela sua amplitude, caracterização arquitetónica e, sobretudo, pelo potencial de apropriação proporcionado pela sua estruturação em 3 áreas distintas, em que a área central é coberta. Esta cobertura, a Igreja, encontra assim o seu equilíbrio entre uma presença relevante e a nova hierarquização pretendida para os equipamentos públicos do Bairro.

O Júri acrescenta ainda que o “projecto caracteriza-se por uma notável clareza, consistência formal e inovação da solução apresentada, em que o desenho e enquadramento do corpo suspenso da igreja é reforçado pelas materialidades propostas, resultando numa composição harmoniosa e coerente com o desenho e materialidade dos espaços interiores.”

O 2º classificado, atribuído à proposta de Tiago Filipe Bernardo dos Santos, o júri considerou “a escala subtil da proposta e sua relação com a escadaria de acesso à nova Escola Gonçalo Ribeiro Teles resultam num equilíbrio na relação entre os novos equipamentos do Bairro.”

A proposta coordenada pela arquitecta Inês Lobo, ficou em terceiro lugar, segundo relatório do júri, o projeto apresenta “elevada racionalidade expressiva e construtiva que colabora para potenciar soluções de poupança de energia passiva e activa, de economia do projeto e a durabilidade da obra nomeadamente propondo solução que assegura renovação do ar por meios naturais.”

Os 13 trabalhos apresentados no âmbito do concurso público de aquisição de serviços para elaboração do projeto de execução para construção da Igreja do Bairro da Boavista – Centro Social e Paroquial de São José da Boavista, foram apreciados pelo Júri resultando na seguinte ordenação:

1º Classificado – Pedro Matos Gameiro, Arq. Lda

2º Classificado – Tiago Filipe Bernardo dos Santos

3º Classificado – Inês Lobo Arq Lda

4º Classificado – Orgânica, Arquitetura, Lda

5º Classificado – ASBA – Arq. Lda.

6º Classificado – Atelier da Praia – Arq

7º Classificado – XPS – Eng. Associados, Lda

8º Classificado – Neves & Ferrão, Lda

9º Classificado – Impacto Decimal

10º Classificado – A1V2 – Eng Civil e Arq. Lda

11º Classificado – Paulo Valente

12º Classificado – Paula Nabais e Vitor Leite – Arq

13º Classificado – Consulplano – Viatunel

LINKS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?