MoMa adquire obra de Siza Vieira

Categorias: Arquitetura

O Museum of Modern Art (MoMa), em Nova Iorque, confirmou esta sexta-feira a aquisição de um conjunto de desenhos e maquetes de três projetos do arquiteto Siza Vieira.

 

O Museu Iberê Camargo, em Porto Alegre no Brasil (1998-2008), a intervenção SAAL (Serviço de Apoio Ambulatório Local) em São Victor, no Porto (1974-1977) e a agência do Banco Pinto & Sotto Mayor, em Oliveira de Azeméis (1971-1974), foram os projetos assinados por Siza Vieira escolhidos para o acervo do MoMa.

 

Em declarações ao DN, Pedro Gadanho, curador de arquitectura contemporânea do MoMa desde o início de 2012, disse que “foi com enorme prazer que deu continuidade a um interesse já anteriormente expresso pelo MoMA relativamente à presença da obra do arquitecto Siza Vieira na coleção de Arquitectura e Design do museu. E, nesse sentido, foi particularmente gratificante poder escolher pessoalmente com o arquiteto um conjunto representativo de esquiços, desenhos de projeto e maquetes destes três projetos.”

 

 

No total o MoMa adquiriu 84 desenhos e 35 fotografias, assim como uma brochura e maquete da obra em São Victor, e ainda uma maquete do museu Iberê Camargo.

 

Esta sexta-feira estava agendada uma conferência de Siza Vieira, em Nova Iorque, organizada em conjunto pelo MoMa, pela Architectural League of New York e pelo Aicep Portugal Global. A data de confirmação da aquisição na mesma altura da conferência era uma coincidência, mas a palestra acabou por ser cancelada devido à hospitalização do arquitecto na quarta-feira, em consequência de uma fratura do úmero.

 

O valor pago pelo MoMa não foi divulgado, o que faz parte da sua política relativamente às aquisições, e segundo o Gabinete de Imprensa do museu ainda não há planos para a exibição da obra de Siza.

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?