Porto: Cine-Teatro Vale Formoso e o Conjunto no Ouro classificados de interesse municipal

O Cine-Teatro Vale Formoso e Grupo de Moradias, bem como o Conjunto no Ouro estão classificados como conjuntos de interesse municipal, pelo seu valor cultural de significado relevante. Os respetivos editais foram hoje publicados em Diário da República, sendo que todos os documentos estão disponíveis no site oficial da Câmara do Porto.

Quanto ao Cine-Teatro Vale Formoso e o grupo de moradias adjacente, localizados na freguesia de Paranhos, pode ler-se no documento que atesta a classificação que “representa para o Município do Porto um valor cultural de significado relevante, uma vez que se configura através da sua escala, da sua linguagem moderna e conteúdos programáticos, como um dos equipamentos urbanos de proximidade de maior notabilidade social, enquanto exemplar do cinema de bairro promovido na época do Estado Novo.”

A classificação deste conjunto, delimitado pela Rua de S. Dinis, 896 a 944, Rua do Capitão Pombeiro, 217, e Rua de Cunha Júnior, “representa uma mais-valia, enquanto testemunho que ilustra os conceitos socioculturais e políticos da década de 40 do século XX português que, ultrapassando a escala de cinema de bairro, adquiriu presença na memória coletiva portuense. A presente aprovação de classificação tem, assim, plena justificação fundamentada na sua autenticidade e exemplaridade, de artefacto arquitetónico de época que mantém a sua matriz projetual, e pela memória coletiva que transporta nas suas volumetrias”, acrescenta o documento.

Relativamente ao Conjunto no Ouro, situado na União das Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos, o edital respetivo sublinha que este conjunto de imóveis tem origem “na época romana ou pré-romana e notório crescimento nos inícios da época moderna.”

“O Conjunto do Ouro reflete a genuidade da sua paisagem construída, alicerçada na modéstia construtiva das gentes anónimas que a habitaram e na imaterialidade temporal das suas crenças e usos”, lê-se no documento que concede a classificação.

Aprovada intenção de classificar Grande Hotel do Porto

Também nesta terça-feira, foi tornada pública a aprovação da intenção de classificação como Monumento de Interesse Municipal o Grande Hotel do Porto, situado em pleno Centro Histórico, com entrada principal na Rua de Santa Catarina.

O Município considera que o imóvel representa um “valor cultural de significado relevante, uma vez que configura, através da sua arquitetura, decorações e ambientes, como equipamentos históricos integrantes da urbanidade portuense”.

Os elementos do processo estão disponíveis para consulta pelo prazo de 30 dias.

© Porto.

Foto © Filipa Brito

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Biblioteca BIM Leca ®

»