Prémio Nuno Teotónio Pereira distingue projectos de reabilitação urbana no Porto e em Lisboa

Categorias: Arquitetura

Um projeto de reabilitação para habitação e turismo em Lisboa e uma intervenção para melhorar as condições de acolhimento no Porto foram distinguidos pelo Prémio Nuno Teotónio Pereira, anunciou hoje o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU).

Com novas variantes a concurso – Reabilitação de Edifício Habitacional, Reabilitação de Edifício de Equipamento e Operação de Reabilitação Urbana -, a edição deste ano do Prémio Nuno Teotónio Pereira registou 39 candidaturas, das quais o júri decidiu distinguir cinco, atribuindo dois prémios e três menções honrosas.

Na variante Reabilitação de Edifício Habitacional foi premiada a candidatura "Santa Clara 1728", em Lisboa, revelou o IHRU, indicando que foi ainda atribuída uma menção honrosa à candidatura "Casa do Rosário", no Porto.

Já na categoria Reabilitação de Edifício de Equipamento, a candidatura premiada foi "Albergues Nocturnos do Porto", na cidade Invicta, e houve uma menção honrosa para o projeto "Estufas Tropicais do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra", na intitulada cidade dos estudantes.

Sem premiados, na variante Operação de Reabilitação Urbana foi atribuída uma menção honrosa à candidatura "Operação de Reabilitação Urbana da Vila de Vagos", no concelho de Vagos, em Aveiro.

O Prémio Nuno Teotónio Pereira, que resulta da alteração em 2016 da designação do Prémio IHRU, atribuído desde 1989 e considerado o prémio nacional mais antigo do setor da construção e do imobiliário em Portugal, premeia ações de reabilitação urbana exemplares e distingue os resultados reveladores do domínio técnico que conduzem ao exercício de boas práticas.

Na edição deste ano foram apresentadas 39 candidaturas: 18 de Reabilitação de Edifício Habitacional, 16 de Reabilitação de Edifício de Equipamento, três de Reabilitação de Conjunto Urbano, um de Reabilitação ou Requalificação de Espaço Público e um de Operação de Reabilitação Urbana, avançou o IHRU.

"Após análise às candidaturas apresentadas, o júri, presidido pelo engenheiro Fernando Santo, entendeu distinguir cinco candidaturas, tendo atribuído dois prémios e três menções honrosas", referiu o Instituto, em comunicado.

A cerimónia de entrega das distinções do Prémio Nuno Teotónio Pereira decorreu no Teatro Thalia, em Lisboa, e foi presidida pela secretária de Estado da Habitação, Ana Pinho.

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE