Projeto de Lourenço Vaz Pinto distinguido no concurso ‘Paris Affordable Housing Challenge’

Categorias: Arquitetura

O projeto “Urban Infill – 1037 New Housing Sites in Paris” de Lourenço Vaz Pinto, foi distinguido com o 2º lugar no concurso internacional ‘Paris Affordable Housing Challenge’.

“Urban Infill preenche os milhares de espaços localizados por toda Paris, na forma dos pátios urbanos existentes, adicionando habitação a preços acessíveis.”

Este projecto filtra e organiza os espaços esquecidos que existem em Paris através das suas características, para os preencher com volumes destinados a habitação. O bloco urbano Parisiense renasce com um novo centro que cria uma comunidade, oferecendo o piso de topo aos residentes no formato de jardim comum e espaço de lazer. Os seguintes pisos são constituídos por microunidades de habitação, destinadas às gerações que não conseguem sair de casa por falta de meios financeiros. A proposta produz parametricamente 1037 novos volumes, que respeitam a lei parisiense.
Numa área total de 1.969.713 m2, são adicionados a Paris 6.354.253 m3 de construção. Com este método, a oferta de habitação aumenta com novos 81.500 microunidades no centro de Paris, cada uma com cerca 15m2/30m2. Este aumento representa a possibilidade de 135.000 pessoas finalmente se poderem mudar para a cidade.
Em consequência do aumento populacional, bem como do abandono das áreas rurais para as zonas urbanizadas que se tem verificado nos últimos séculos, as cidades de todo o mundo, onde antes apenas alguns milhares viviam, são agora habitadas por milhões. As condições de habitabilidade nestas cidades deterioraram-se drasticamente, mas já não se trata exclusivamente de um problema da qualidade habitacional, mas também de um problema de escassez e, por isso, a necessidade de uma estratégia de densificação é necessária e urgente.
A Europa, região com um conteúdo histórico vasto, tem uma situação extremamente complexa em termos da sua arquitectura e onde a necessidade de mais habitação é suplantada por regulamentações e limites de altura dos edifícios.
Urban Infill oferece uma tipologia ramificada, como uma solução dentro dos parâmetros da cidade, onde os objectos são gerados através das várias regras.
A proposta é efectivamente invisível para os 35 milhões de turistas, que visitam Paris anualmente, os quais alimentam a cidade, constituindo o maior factor de desenvolvimento económico em Paris.

O processo de produção de 1037 volumes de habitação, começa com um script desenvolvido que seleciona e filtra os espaços mais prováveis para a inserção dos volumes. Foram encontradas 1037 zonas em Paris com potencial para desenvolver este projecto. Tal como se indica nos diagramas, a produção dos volumes de habitação começa com regras extremamente simples, baseadas em “offsets, extrusions e taperings”, formando os mesmos consoante o seu contexto.

1037 Novos Volumes de Habitação
Volume Total: 6.354.253 m3
Área Total: 1.969.713 m2
Unidades de Habitação: 81.500
Capacidade total: 135.00 pessoas

 

Lourenço Vaz Pinto
18/01/2020

LINKS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Goma by Flowco

Azulejos ecológicos fabricados em Portugal