‘Quatro Casas’ de Siza classificadas como conjunto de interesse municipal

Categorias: Arquitetura

As ‘Quatro Casas’ de Álvaro Siza, edificadas em 1957 em Matosinhos, no distrito do Porto, foram classificadas como conjunto de interesse municipal, segundo um anúncio publicado em Diário da República (DR).

O conjunto ‘Quatro Casas em Matosinhos’ foi edificado em 1957, na Avenida D. Afonso Henriques, quando o arquiteto português ainda era estudante na Escola Superior de Belas Artes, no Porto, segundo informação da página oficial da autarquia na Internet.

Atualmente, esta edificação – que envolve duas habitações isoladas e duas geminadas – é privada e visitável apenas pelo exterior.

Na altura, a obra “abriu lugar à polémica devido à sua audácia e características inovadoras para a época”, sublinha a Câmara de Matosinhos.

A Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) tinha determinado, em 23 de novembro de 2020, a abertura do procedimento para classificar a edificação.

De acordo com a publicação em DR, a decisão de aprovação final da classificação das ‘Quatro Casas’ foi tomada em 14 de dezembro, em reunião do executivo municipal.

Na mesma reunião camarária, segundo um outro anúncio publicado hoje, o executivo aprovou também a classificação como monumento de interesse municipal da Casa do Ribeirinho, solar localizado no centro histórico do município cuja existência remonta à Idade Média.

Noutros anúncios igualmente publicados hoje em DR, a Casa de Santiago, a Casa de Galante, a Casa de Eduardo de Sousa Guimarães e o palacete do Godinho foram também classificados como monumento de interesse municipal.

Nestes casos, a decisão foi tomada em sessão camarária do dia 21 de setembro.

Consulte a publicação Diário da República 👉 AQUI

 

© noticiasaominuto

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?