RISCO pré-seleccionado para o concurso internacional do grande Estádio de Casablanca

Categorias: Arquitetura

O RISCO foi o único atelier nacional e um dos sete internacionais seleccionados, entre os trinta candidatos, para o concurso internacional do Grande Estádio de Casablanca.

 

O futuro Estádio de Casablanca, que irá acolher os dois maiores clubes de futebol do reino, tem sido objecto de variadas propostas de arquitectura.

 

Previsto inicialmente para Bouskoura depois para Sidi Moumen, este ambicioso projecto será finalmente construído em Tit Mellil num terreno de 64 ha.

Com uma capacidade de cerca de 80.000 lugares, o futuro estádio de Casablanca será dotado de um centro de exposições e feiras, um centro de conferências e seminários, um centro comercial, um estádio anexo e ainda o museu do desporto.

 

Os sete ateliers internacionais seleccionados (Populous, Space Groupe, RISCO, SCAU, 360 Architecture, Nbbj e Rfa Fenwick Iribarren Architects) têm até Maio deste ano para entregar à Sonarges (Sociedade Nacional de Realização e Gestão dos Estádios) as suas propostas. A inauguração deste projecto está prevista para 2015.

 

RISCO | Ateliê de arquitectura e desenho urbano, o RISCO foi responsável por projectos como o Centro Cultural de Belém (em associação com Vittorio Gregotti), o Recinto da Expo’98 e o Hospital da Luz, em Lisboa, o Projecto Urbano das Antas e o Estádio do Dragão, no Porto, e o Novo Terminal Marítimo em Ponta Delgada.

 

Fundado em 1974, o RISCO foi liderado entre 1984 e 2007 por Manuel Salgado, sendo actualmente conduzido por Tomás Salgado, Nuno Lourenço, Carlos Cruz e Jorge Estriga, arquitectos que, durante quase 20 anos, ajudaram a desenhar e construir os projectos mais importantes do ateliê. Desde final de 2007 o RISCO está a desenvolver novos projectos dos quais se destacam, em cada uma das suas áreas de actuação, o Plano de Urbanização dos terrenos da Quimiparque, no Barreiro, uma “nova” cidade com quinhentos hectares que enquadra a amarração sul da Terceira Travessia do Tejo; os edifícios Sky Residence II e Sky Business, em Luanda, duas torres com vinte e quatro pisos, actualmente em construção; e a adaptação das instalações da FIL, em Lisboa, para a realização da Cimeira NATO 2010, com uma área de trinta e cinco mil metros quadrados, destinada a oitenta países e cerca de seis mil pessoas. www.risco.org

 

Imagens

Centro de Saúde da Madalena

Estádio do Dragão

 

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?