Roca assinala o Dia Mundial do Saneamento em parceria com a Fundação We Are Water

Roca assinala o Dia Mundial do Saneamento em parceria com a Fundação We Are Water. Cerca de 1,7 mil milhões de pessoas não têm acesso a um tratamento adequado das águas residuais. Esta falha resulta, todos os anos, na morte de mais de 345.000 crianças e é a terceira maior causa de mortalidade infantil, de acordo com a OMS.

A Fundação We Are Water atua no sentido de combater esta situação e já ajudou mais de um milhão de pessoas no mundo.

Dia Mundial do Saneamento by Roca em parceria com a Fundação We Are Water

Atualmente, a falta de infraestruturas de saneamento adequado de águas residuais, também conhecidas por “águas negras”, constituem um dos principais problemas do nosso planeta. Com um quinto da população mundial sem acesso a estes serviços, cerca de 1,7 mil milhões de pessoas estão expostas a doenças que, em alguns casos, resultam em mortes. Um dos principais obstáculos que se encontram no desenvolvimento destas infraestruturas é o facto de os esgotos não chegarem a todos os núcleos populacionais. Em muitas partes do mundo, a população cresce mais depressa do que o estimado pelas autoridades e instituições, pelo que, quer por falta de tempo, quer por falta de recursos, o sistema de esgotos não chega a estas áreas. Isto acontece, sobretudo, nas zonas mais desfavorecidas do Planeta.

É neste sentido que a Roca, em parceria com a Fundação We Are Water, através de projetos que garantem o acesso à água e ao saneamento nas zonas mais desfavorecidas do planeta, promove uma nova cultura da água que permite a gestão sustentável dos recursos hídricos em todo o mundo e garante o direito humano universal ao acesso à água e ao saneamento necessários para uma vida digna e saudável. A Fundação We Are Water, criada pelo Grupo Roca em 2010, ajudou, até à data, mais de um milhão de pessoas em todo o mundo.

Conferência “Saneamento em conflito: Tornando o invisível visível”

A evolução das infraestruturas de saneamento seguro de águas residuais dos bens tecnológicos e as impressionantes estatísticas que retratam esta atualidade são os temas em destaque na Conferência “Saneamento em conflito: Tornando o invisível visível”, dia 22 de novembro, terça-feira, às 16h30.

Esta conferência tomará lugar no Roca Lisboa Gallery e contará com a presença dos convidados Carlos Garriga, Diretor da Fundação, Laura Korčulanin, Fundadora da Give a Shit, Ryan Phillips, Fundador e CEO Operation Water e João Grillo, Especialista Sanitation and Water for All (SWA).

Registo na conferência através do link: https://bit.ly/3TunlZu

 

LINKS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

World Architecture Festival 2022

Take a ticket here »