Roca distinguida como melhor empresa do setor da construção e do imobiliário no Ranking “EXAME 500 Maiores & Melhores Empresas de Portugal 2019”

A Roca, empresa centenária dedicada ao design, produção e comercialização de produtos para o espaço de banho, pavimentos e revestimentos cerâmicos, foi ontem reconhecida como a melhor empresa do mercado da construção e do imobiliário na 30.ª edição do estudo “500 Maiores & Melhores Empresas de Portugal”, um dos rankings de maior prestígio para o tecido empresarial português.

Divulgado anualmente pela revista Exame com base numa análise realizada pelas consultoras Informa DB e Deloitte aos resultados das maiores empresas nacionais, o estudo vem destacar o desempenho de excelência da Roca no seu setor, realçando “a consistência dos seus indicadores financeiros”.

A apresentação das “500 Maiores & Melhores Empresas de Portugal” decorreu no Hotel Tivoli Avenida Liberdade a 3 de dezembro e incluiu uma cerimónia de entrega de prémios que distinguiu as empresas com melhor classificação do estudo.

Recebendo o prémio pela Roca, Jorge Vieira, Diretor Geral da empresa em Portugal, afirmou: “A equipa da Roca trabalha diariamente para responder às necessidades cada vez mais exigentes da sociedade, oferecendo soluções completas e inovadoras para espaços de banho, que se adaptam a qualquer preferência e estilo. É nosso compromisso criar valor a longo prazo e ser uma peça-chave na engrenagem industrial em Portugal, e por isso ver reconhecido desta forma o trabalho da Roca no nosso país é para nós motivo de evidente orgulho.”

Os oito critérios que estão na base da avaliação objetiva às empresas para elaboração do ranking “EXAME 500 Maiores & Melhores” são: crescimento de vendas; crescimento dos resultados líquidos; rentabilidade do ativo; rentabilidade do capital próprio; rentabilidade das vendas aferida pelos resultados operacionais; valor acrescentado bruto por vendas; solvabilidade e liquidez geral. O estudo destacou este ano 15 empresas em vários setores representativos da economia nacional, salientando o seu contributo para áreas como o comércio internacional ou para a criação de postos de trabalho.

Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?