Roca lança a décima edição do concurso internacional de design, jumpthegap®

Categorias: Produtos

Roca lança a décima edição do concurso internacional de design, jumpthegap®. Os participantes devem propor soluções inovadoras para o espaço de banho que dêem resposta aos desafios da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Após nove edições com mais de 26 000 participantes de 150 países, o jumpthegap® regressa e convida os melhores talentos em arquitetura e design a encontrarem soluções criativas para o espaço de banho. A décima edição assinala uma nova fase no desenvolvimento do concurso internacional de design da Roca, motivada pelos desafios que enfrentamos hoje, como indivíduos e como sociedade.

A partir de 2021, o jumpthegap® desafiará arquitetos e designers de todo o mundo a criarem soluções para o espaço de banho que abordem e promovam os objetivos estabelecidos pela Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Uma evolução da abordagem mais conceptual e futurista de edições anteriores, com mais ênfase em temas que necessitam de uma resposta imediata, e que se segue à edição especial do ano passado dedicada às novas realidades fruto da COVID-19.

“O conceito de ‘futuro’ mudou”, afirma Marc Viardot, Corporate Marketing and Design Director do Grupo Roca. “Há novos desafios provocados pela pandemia, e outros de importância crescente e vital, como a preservação do Planeta, o apoio à sua diversidade ou a luta contra as desigualdades. O jumpthegap® evoluiu para dar uma resposta mais direta a estes temas, procurando ideias tecnologicamente viáveis, trazendo valor acrescentado à inovação e mostrando diversidade, sustentabilidade, atemporalidade e adaptabilidade, valores que sempre fizeram parte do DNA da Roca”, acrescenta.

O concurso, organizado em colaboração com o BcD — Barcelona centro de Diseño —, divide-se agora em quatro novas categorias: bem-estar e saúde, designs que proporcionem novos níveis de conforto e tranquilidade a utilizadores e clientes, fomentando o equilíbrio e a harmonia; design neutro, projetos que abordem com inteligência a diversidade (étnica, corporal, de género, idade etc.) e a ampla gama de capacidades mostradas pelos seres humanos; água e energia, projetos que fomentem o uso inteligente e consciente dos recursos planetários; e crise e emergência, designs que abordem um contexto de crise permanente através de materiais e tecnologias ágeis, viáveis e replicáveis, em qualquer mercado geográfico.

Os projetos serão avaliados por um júri composto por profissionais de renome, liderado pelo arquiteto japonês e vencedor do Prémio Pritzker 2014 Shigeru Ban (presidente do júri). Fazem também parte do júri Somi Kim, diretora sénior de soluções para os cuidados de saúde na Johnson & Johnson (J&J) Design; Paul Priestman, designer, presidente da PriestmanGoode; Andrea Trimarchi e Simone Farresin, fundadores do estúdio de design Formafantasma; Deborah Seward, diretora do Centro Regional de Informação das Nações Unidas na Bélgica Mariana Amatullo, presidente da Cumulus International Association of Universities and Colleges of Art, Design and Media; Isabel Roig, diretora executiva do BcD — Barcelona centro de Diseño — e presidente da World Design Weeks; e Marc Viardot, Corporate Marketing and Design Director do Grupo Roca.

Consulte mais informações AQUI

LINKS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Webinars Leca®

Inscreva-se!

Margres Architecture Award

Saber mais »