UMinho e Grupo Casais unem esforços no curso “Construção e Reabilitação Sustentáveis”

Categorias: Arquitetura
A UMinho, através do Departamento de Engenharia Civil/Escola de Engenharia, e o Grupo Casais, vão unir esforços para o lançamento de uma nova edição do Mestrado em “Construção e Reabilitação Sustentáveis”.
Por se tratar de uma candidatura a um curso de 2º ciclo (Mestrado), o processo de candidaturas decorrerá no Portal Académico  de 6 a 9 de setembro.

O 1º ano do curso (especialização) está agora inserido no portefólio “Aliança”, beneficiando assim das vantagens de estar integrado neste projeto, nomeadamente no que à elegibilidade dos estudantes para bolsas de estudo diz respeito.

O Curso visa desenvolver o conceito de projetos sustentáveis do património edificado através da conceção de novos produtos, processos e sistemas construtivos sustentáveis e tecnologicamente avançados que garantam a sustentabilidade da construção / reabilitação de edifícios.

O setor da construção é reconhecido como um importante “motor da economia” e contribui significativamente para o bem-estar e progresso da sociedade. No entanto, também é responsável por inúmeros impactos negativos no ambiente, nomeadamente, o consumo excessivo e ineficiente de recursos naturais não-renováveis, de água e de energia, que tem como consequência as alterações climáticas e o desequilíbrio irreversível do ecossistema.
O Mestrado em Construção e Reabilitação Sustentáveis visa, através da promoção do pensamento crítico, da análise do ciclo de vida dos produtos para a construção e dos edifícios, da interdisciplinaridade e da transversalidade do conhecimento, encontrar soluções para enfrentar os problemas do setor da construção.

Os alunos com formação em Engenharia Civil, Arquitetura ou em áreas afins adquirem competências profissionais na área da construção sustentável de uma forma que atualmente não é contemplada ao nível das Licenciaturas e Mestrados em Engenharias e/ou Arquitetura, estando o ensino organizado numa combinação de teoria, prática e experimentação, num contexto de formação orientada por projeto.

Criada a 23 de maio de 1958 no setor da Engenharia e Construção, o Grupo Casais tendo vindo a ampliar a sua área de atuação, e hoje, está presente nos setores das Especialidades e Indústria bem como Promoção e Gestão de Ativos.
A estratégia do Grupo inclui a sustentabilidade ambiental, a sustentabilidade social e, por consequência, a sustentabilidade económica.Tornar as cidades e comunidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis, adotando medidas urgentes para combater as alterações climáticas e os seus impactos, é um dos objetivos fulcrais que constituem o compromisso do Grupo Casais.
O Grupo Casais é responsável pela idealização e execução do 1º edifício de construção híbrida (maderia e betão) da Península Ibérica.
O projeto contempla várias soluções off-site que integram preocupações de sustentabilidade ambiental, ao nível da saúde ocupacional dos futuros utilizadores e ainda relativamente à eficiência energética.

Localizado em Guimarães, este será o primeiro edifício desta dimensão que armazena carbono e permite uma redução de 60% das emissões, incorpora interiores numa filosofia de economia circular onde 50% dos materiais podem ser reutilizados no final do ciclo de vida. Além disso permite uma redução de resíduos em 70% e da poluição sonora em mais de 50%, além de reduzir os prazos de execução em 50% em comparação com o tradicional. Contribui ainda para o aumento da qualificação profissional e a redução de riscos e acidentes. Mais informações em: Projeto Edifícios Sustentáveis – Grupo Casais


Parceiro: Grupo Casais

Candidaturas: https://civil.uminho.pt/ensino/2o-ciclo/mcrs/(6 a 9 setembro)

sec-crs@civil.uminho.pt

LINKS
Galeria
noticias RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?