Tetos Armstrong: Edifício de escritórios CBRE

 

Os tetos Armstrong destacam-se pelo seu design, alto desempenho acústico e pela sua elevada capacidade de melhorar a estética dos espaços interiores, sendo, por isso, a opção ideal para alcançar os requisitos técnicos e estéticos mais exigentes de arquitetos e designers de interiores.

Exemplo disso é a CBRE, empresa líder mundial em espaços imobiliários, focada em procurar soluções para que pessoas, empresas, instituições e investidores desenvolvam a sua atividade nas melhores condições. A empresa escolheu os tetos Armstrong para a renovação da sua sede em Milão, que foi projetada pela equipa interna da CBRE em conjunto com Efrem Milla, do Estúdio de Design EMA. Tem a sua inspiração nos princípios modernos do activity based working, um conceito
que aposta numa perspetiva mais flexível do ambiente de trabalho, melhorando assim a produtividade através da interação contínua e eficiente entre os colaboradores.

Ao seguir este modelo de design, tomou-se a decisão de deixar uma parte do teto com elementos expostos, tendo a intervenção sido efetuada especialmente ao nível dos elementos decorativos e técnicos.

Para isso, recorreu-se à Armstrong, levando em consideração a sua ampla gama de produtos e a sua capacidade para criar soluções completas para tetos acústicos personalizados, capazes de satisfazer as necessidades de qualquer projeto.

Para cada piso renovado, foi escolhida uma solução da Armstrong diferente, mas todas elas tinham três pontos em comum: a estética, a capacidade de integração com o espaço e os diferentes materiais circundantes que criam, simultaneamente, ambientes de trabalho cómodos.

Tetos Canopy, design e versatilidade

Fabricados em formatos e tamanhos diferentes, contribuíram para a criação das zonas comuns do primeiro piso. Estes elementos integram originalidade e modernidade, oferecendo ao mesmo tempo um apoio válido relativamente ao conforto acústico. Os tetos Canopy combinam a estética e um rendimento extraordinário, com o objetivo de assegurar uma taxa de absorção sonora superior, em comparação com um teto contínuo com a mesma superfície
visível. O facto de o som ser absorvido tanto pela superfície dianteira como traseira do painel contribui significativamente para a redução do tempo de reverberação e aumenta a inteligibilidade do discurso.

Tetos de metal Baffles microperfurados, ideais para espaços diáfanos

A Armstrong concebeu um padrão especial de linhas quebradas para os tetos de metal Baffles microperfurados. Graças ao seu design resistente e às suas características funcionais, a solução Baffles é ideal para instalação em espaços abertos amplos que visem reduzir ao máximo a contaminação sonora. Uma solução atrativa que cria um efeito visual extremamente dinâmico e capaz de alcançar um ótimo resultado tanto em configurações individuais como múltiplas,
graças à estrutura suspensa que permite um alinhamento cuidadoso e limpo dos elementos.

Por último, no sexto piso, para além dos tetos Baffles, foram utilizados perfis C de diferentes tamanhos para decorar, através de luzes e sombras, o teto da sala multiusos, uma área multifuncional com diferentes configurações de espaço.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Edifício de escritórios CBRE

Localização
Milão, Itália

Arquitetura
Equipa interna da CBRE e Efrem Milla (Estúdio de Design EMA.)

Tetos acústicos Armstrong utilizados
Tetos descontínuos Canopy, tetos de metal Baffles microperfurados e Perfis C

Instalador
Mattarozzi

Fotografia
Armstrong

Galeria
obras-referencia RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?