Adega Herdade do Freixo

Categorias: comércio

A herdade do Freixo, com cerca de 300ha, e 26ha de vinha apresenta-se como uma paisagem tipicamente alentejana, ondulante, diversificada e com interessantes pontos de vista sobre a envolvente. Pontuada por aglomerados de zambujeiros, oliveiras e azinheiras, concentra ainda numa das suas elevações um Monte, identificado por construções tipicamente rurais que o definem.

A morfologia do terreno existente foi assim determinante para a definição do projeto, tornando-se imperativo mantê-la inalterada ainda que sujeita a uma intervenção com este volume de construção. Toda e qualquer intervenção não poderia pôr nunca em causa o equilíbrio encontrado no local.

A Adega surge assim na continuidade da paisagem, fundindo-se com toda aquela extensão.

O cruzamento funcional, a relação interior/exterior e natural/artificial denunciam a existência de um pressuposto interior, com o qual não temos contacto visual imediato. Surge como um acidente artificial cujo anonimato se vai perdendo à medida que se percorre permitindo circuitos diferenciados que se cruzam no cerne da intervenção, o pátio central, elemento aglutinador de todas as circulações.

Apostou-se assim numa transição fluída e sequencial dos espaços que se pretende que comuniquem física e visualmente. Estes sucedem-se, proporcionando, à semelhança do que acontece na topografia da herdade, vistas sobrepostas, diversificadas, que indiciam que existe mais para além do que está diretamente ao nosso alcance. A linguagem depurada das formas arquitetónicas tira assim partido do efeito cénico do edificado, cativando o visitante e convencendo-o a percorrer a totalidade dos espaços de modo a se perceber o todo e entender a hierarquização funcional entre eles, distinguindo e individualizando cada uma das zonas industriais e sociais que o compõem.

Na produção, a opção de enterrar a Adega, projetando-a em vários pisos a mais de 40m de profundidade, permitiu que se utilizasse a força gravítica no processo de vinificação, respeitando assim as massas vínicas e utilizando as mais avançadas e inovadoras técnicas de enologia. Foi ainda possível por este motivo criar as melhores condições térmicas para a conservação dos vinhos dada a redução da amplitude térmica e aos valores baixos de temperatura.

TAGS
FICHA TÉCNICA

Projeto

Adega Herdade do Freixo

Localização

Redondo, Portugal

Arquitetura

Frederico Valsassina Arquitectos

Arquiteto Responsável
Frederico Valsassina

Autores

Frederico Valsassina, Susana Meirinhos
Colaboradores
Henrique Oliveira, Rita Gavião, Diana Mira
Interiores
Marta Valsassina
Especialidades
ADF – Estruturas e Hidráulicas, GET – AVAC, Raul Serafim & Associados – Electricidade e Segurança
Construtor
Casais

Área
1941.0 m2

Ano do projeto
2016
Fotografias
Fernando Guerra | FG+SG
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

MOON

A única placa de comando em cerâmica.

Vulcano

O parceiro certo para um apoio total