Apartamento Maximinos

O ponto de partida da ideia segue os pedidos mais básicos da cliente, uma reformulação do apartamento que permitisse uma circulação mais fluida, um espaço mais prático e pouco ruidoso visualmente, que dispensasse mobiliário e decoração.

A proposta segue num primeiro momento, a redefinição da chegada e ligação entre zona social e privada, e num segundo momento a relação directa entre cozinha e zona social. Após a eliminação de alguns elementos pré-existentes que resultavam da configuração anterior (Hall de entrada que distribuía o programa do apartamento), estruturamos uma bateria de armários com ocupação perimetral de em que o rodapé ajudasse a definir momentos e tipologias, porticando a porta que permite acesso aos quartos e passando de rodapé para tampo nos armários baixos da zona de estar, até definir o armário louceiro da zona de jantar.

Este gesto pretendia estabelecer critérios de ocupação para o mobiliário essencial (sofá e mesa de jantar), bem como homogeneizar todos os elementos compositivos do espaço, para além de conferir capacidade de rápida arrumação e evitar objectos soltos pelo apartamento. A zona privada segue a mesma lógica de homogeneização dos espaços, retirando os armários roupeiros de 2 quartos (para aumentar a sua área útil) e colocando-os na zona de circulação que com a ajuda de painéis, dissimulassem os armários, exceptuando o quarto master com instalação sanitária integrada e armário roupeiro, mantiveram a sua configuração original.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto
Apartamento Maximinos

Localização
Braga, Portugal

Arquitetura
REM’A

Arquiteto responsável
Romeu Ribeiro, José Pedro Marques

Área total construída (m2)
109,00m2

Ano de conclusão da obra
2020

FOTOGRAFADO POR
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Formação 3dsMAX + Vray

janeiro de 2022 | online