Biblioteca Municipal Vila Franca de Xira

Categorias: Cultura

A construção da nova Biblioteca Municipal surge integrada num programa de intervenção que a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira e parceiros desta acção de desenvolvimento, pretendem levar a efeito na antiga fábrica de Descasque do Arroz e zona envolvente.

 

Neste exercício de Desenvolvimento do Concelho estará previsto o investimento comercial e Imobiliário, a continuação da requalificação Frente Ribeirinha (onde se inclui o prolongamento da ciclovia já existente a Poente), a criação de áreas de Lazer, a nova Biblioteca Municipal e o desenvolvimento de acessos rodoviários e pedonais.

A evolução do Conceito de Biblioteca está intimamente ligada à evolução do seu tempo. É portanto certo que o conceito que tentamos encontrar estará a prazo igualmente ultrapassado, sendo que a solução terá de ser necessariamente capaz de absorver essa flutuação ou evolução na relação com a palavra escrita, lida e
representada, perseguindo dessa forma ao real interesse da obra.

Aos conceitos iniciais de biblioteca definidos pelos pressupostos da Conservação, Organização e Difusão, Fulkner-Brown enunciou em meados do Século XX, sete princípios que devem estar contemplados na origem do programa conceptual da Arquitectura de uma biblioteca:
– Acessibilidade, Visibilidade, Articulação, Capacidade Evolutiva, Flexibilidade, Segurança e Sustentabilidade.

No caso em estudo outros factores devem contribuir decisivamente para a correcta inserção urbana de uma peça de equipamento desta dimensão e importância, absorvendo alinhamentos da malha urbana e abrindo e orientando a vista de rio numa tentativa de descomprimir a pequena praça com que convive. Esta descompressão pode, nesta leitura, acontecer com a associação de um vazio vertical organizador dessa praça, servindo de espaço interior aglutinador, de movimento, encontro e diversidade que comunicará de forma poderosa com a cidade, anunciando e demonstrando cabalmente uma nova forma de vivenciar o espaço da biblioteca, constituindo-se como uma landmark a nível urbano e territorial.

 

Em suma, este objecto urbano de grande escala deve servir a sua função primeira mas, ter neste vazio vertical excêntrico a chave para comunicar; para o exterior enquanto montra e ecrã do seu conteúdo, para o interior enquanto palco de encontro e relações.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA
Projeto

Biblioteca Municipal Vila Franca de Xira

 

Localização
Vila Franca de Xira,  Portugal

 

Arquitetura
Miguel Arruda Arquitectos Associados
 
Arquiteto Responsável
Miguel Arruda

 

Coordenação
João Lisboa
Área
3200.0 m2

 

Interiores
Miguel Arruda, João Lisboa, Ana Lia Santos
Projeto Gráfico
Ana Lia Santos
Colaboração
Pedro Nogueira, Paulo Isaque, Sara Preto Cristovão, Mário Iovieno, Fabrizio Ciardulli, Stefano Melaragno

 

Construtor
FML Construções, Lda
Promotor
Jardins do Arroz – Empreendimentos, Lda
Gestão e Implementação
Câmara Municipal de Vila Franca de Xira e EMRU – Luis Matas de Sousa, Urb.
Mobiliário
Movecho, SA e Culturalis Borgeaud – Equipamentos de Biblioteca, Lda
Fiscalização
Ficope, Lda

 

Fotografias
Fernando Guerra | FG+SG

 
VÍDEO

 

Direção & Produção
Building Pictures

 

Direção de Fotografia
Building Pictures

 

Pós-produção
Building Pictures

 

Música
Creative Commons – kirk Pearson – Light Rain in Oberlin
2015 | 7’51″ | 16:9

 

Projeto
Fábrica das Palavras

 

Ano
2015
Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE