Capela Imaculada e Capela Cheia de Graça

Categorias: Religiosos

A Capela Cheia de Graça insere-se na Capela Imaculada Conceição, em Braga.

O projecto focou-se na recuperação da Capela Imaculada Conceição e do coro-alto, transformando-o num espaço reservado aos habitantes do Seminário – a Capela Cheia de Graça. Aproveitou-se o pé direito total do espaço de intervenção e as paredes exteriores do mesmo, deixando a «pele» de pedra existente que se manifesta de forma escultórica em torno das capelas.

A Capela ergue-se em madeira, desde a estrutura de suporte até aos planos que lhe conferem o espaço e é composta por várias peças de madeira, encaixando-se, criando uma estrutura equilibrada que se manifesta como uma floresta à entrada do espaço sagrado. A sua copa cria um espaço reservado dedicado aos habitantes do Seminário e os seus troncos um filtro entre o espaço profano e o espaço sagrado, permitindo ao visitante entregar-se ao espaço, entregar-se à dimensão dos sentidos.

Uma abóbada em betão envolve as capelas, impondo-se simples, leve e suspensa no espaço, desafiando a sua própria materialidade. Os rasgos na abóbada que se prolongam pelas suas paredes de betão criam momentos de abertura, permitindo filtrar a luz solar e conceder um rigor «quieto» e maior dignidade aos elementos estruturais da cobertura. A abóbada cria juntamente com os restantes elementos um espaço de absoluto “silêncio inquieto” remetendo à introspecção.
Esta abóbada de betão tem espessura de 12cm e é suportada por uma estrutura em aço quase imperceptível ao observador, permitindo que pareça suspensa.

O espaço é ainda dotado de uma qualidade acústica superior, a sua composição em painel sandwich acústico na cobertura e a forma alongada da abóbada permitem um melhor desempenho. Este traz outro nível de interpretação espacial, permitindo ao espaço que se manifeste pelo som, criando um diálogo entre o espaço e o utilizador. Face a esta abóbada, a Capela Cheia de Graça assume a forma circular favorecendo a reunião, privacidade e introspecção aos habitantes do Seminário.

Ao fundo, ergue-se um rasgo em mármore, retro iluminado naturalmente, transportando o espectador para outra dimensão física e espiritual.
Assim, pela sua composição e escala foi dado a este espaço um nível de inteligibilidade superior e uma dimensão espiritual, permitindo o diálogo entre o espaço, o indivíduo e o divino.
TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projecto

Capela Imaculada e Capela Cheia de Graça

Localização

Braga, Portugal

 

Área . Capela Imaculada 

633,45 m2

Área . Capela Cheia de Graça

67,61 m2

Arquitetura

Cerejeira Fontes Arquitectos

 

Autores

António Jorge Fontes, Asbjörn Andresen, André Fontes

Pinturas

Lisa Sigfridsson

Litúrgica

Joaquim Felix

Colaboradores
António Dias, Bruno Marques, Nuno Cruz, Orlando Rodrigues, Duarte Vilaça, Cristóvão Piairo, Sónia Sousa, Mafalda Ribeiro

Data de Projecto

2014

Data de Construção

2016

Especialidades
TDP Projecto e Fiscalização, lda – Projecto de Estruturas – Joaquim Carvalho
LAM Engenharia – Projecto de Infra-estruturas de telecomunicações – Liliana Costa
Otrivius Engenharia, lda – Plano de Prevenção e Gestão de Resíduos de Construção – Eugénia Fontes
Otrivius Engenharia, lda – Demolição e Plano de Segurança e Saúde – Eugénia Fontes
TDP Projecto e Fiscalização, lda – Restantes Especialidades – Manuel Palinhos

Construtora

Costeira – Engenharia e Construção SA

Fotografia

NGPHOTO

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Registe a sua Empresa

Crie a sua conta gratuitamente e promova os produtos da sua empresa.

𝗣𝗼𝗿𝘁𝘂𝗴𝗮𝗹 𝗖𝗢𝗻𝗩𝗜𝗗𝗮 𝗧𝗼𝗱𝗼𝘀

Uma ação informal por um bom motivo