Casa Alves

O desenvolvimento do projeto Casa Alves teve na base das suas especificidades, o aproveitamento de uma construção inacabada (anos 80), e na qual se pretendeu manter o essencial da estrutura em betão armado (lajes, pilares e vigas), o que inevitavelmente condicionou a organização funcional da habitação, assim como fundou a pertinência para a delimitação de uma parede/muro contextualizante da “ruína” que, por sua vez, controla a privacidade da sala de estar / logradouro e, ao mesmo tempo, permite a entrada da luz poente no piso térreo.

Do mesmo modo, a localização, no sopé da encosta norte do Castelo de Leiria, arrastou uma dimensão arcaica do “modo de construir” que se pretendeu associar às paredes espessas e rebocos grosseiros, como referência a uma “pele” mais antiga daquele contexto edificado, por contraste com os rebocos lisos e materiais polidos, mais recentes.

Por outro lado, uma urbanidade consolidada da Rua Santiago e uma certa desqualificação arquitetónica envolvente resultou no impulso para uma proposta independente/singular, comparada à malha existente, o que se reflete na composição dos alçados, sobretudo o nascente, no sublinhar de uma linha horizontal (calha metálica) que separa o reboco texturado do liso e onde se inclui um portão perfurado que encerra a antecâmara da entrada confinante com o arruamento, enquanto zona de proteção e transição, no contexto de uma urbanidade expectante, sem a definição da margem de um passeio e/ou diferença de cota entre o edificado e a via pública – o que, inevitavelmente, teria de ser resolvido no projeto arquitetónico.

TAGS
LINKS
FICHA TÉCNICA

Projeto

Casa Alves 🔗

Localização

Rua de Santiago n.12, Leiria, Portugal

Arquitetura
mube arquitectura 🔗

Fotografias
Alexander Bogorodskiy 🔗

Área total

100,69 m2

Ano 

2021

Galeria
projetos RELACIONADOS
PUBLICIDADE

Subscrever Newsletter

Já subscreveu a nossa newsletter?